Home - Convergência Digital

Elisa Prado é a nova diretora de Comunicação Corporativa da Vivo

Convergência Digital - Carreira
Da redação - 18/05/2018

Elisa Prado retorna à Vivo e assume a diretoria de Comunicação Corporativa onde vai liderar uma equipe de quase 30 pessoas, situadas no Sudeste, Norte, Centro-Oeste e Sul. Formada em Relações Públicas pela PUC de Campinas e com especialização em Marketing pela ESPM, Elisa possui experiência de 30 anos de mercado, comandando importantes estratégias de reputação e gestão de imagem de multinacionais como Deutsche Bank e Tetra Pak, além de já ter passado anteriormente pela Vivo.

Durante sua trajetória, Elisa conquistou o Prêmio USP de Comunicação Corporativa, em 2008, na categoria Trajetória Profissional; escreveu os livros “Imagem & Reputação na Era da Transparência – as boas práticas de comunicação a serviço dos líderes”, em 2014; e “Gestão de reputação: risco, crise e imagem corporativa”, em 2017;  além de  ter sido coautora de dois livros editados pela Aberje Editorial, na coleção “Comunicação Interna: a Força das Empresas”.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

18/05/2018
Elisa Prado é a nova diretora de Comunicação Corporativa da Vivo

03/04/2018
Ministério Público investiga Vivo por uso de dados dos clientes

29/03/2018
Vivo estende parceria com Netflix para o plano Controle

08/03/2018
Vivo investiu R$ 125 milhões em expansão de data center em São Paulo

21/02/2018
Telefônica diz que vai à Justiça, mas provisiona R$ 592,2 milhões para pagar multas

21/02/2018
Na Vivo, 54% da base móvel ainda não usa o 4G

17/01/2018
Vivo inclui Netflix em bônus de Internet no pós-pago

15/01/2018
Vivo expande rede FTTH no interior paulista

09/01/2018
Vivo adiciona o Twitter na estratégia de dados para o pré-pago

20/12/2017
Vivo oferece LTE-Advanced em todas as capitais

Veja mais artigos
Veja mais artigos

eSocial desafia a rotina dos Recursos Humanos

Por Juliana Andrade*

Chegou a hora de as empresas tirarem proveito da robotização, especialmente, na análise de cadastros para observar se há ou não alguma informaçaõ que destoe da atualidade. O regime fiscal online exige a reparação dos dados.

Destaques
Destaques

Flexibilização no trabalho: prática bem longe da realidade no Brasil

Pesquisa mostra que 75% dos brasileiros ainda trabalham no formato tradicional: no escritório e no horário comercial. Estudo mostra ainda que 58% das empresas não fornecem recursos suficientes para viabilizar o home office.

Juízes do Trabalho: Reforma trabalhista só vale depois da sua entrada em vigor

Decisão foi tomada por mais de 700 juízes e desembargadores. Para eles, a Lei 13.467/2017 só deve valer para processos e contratos iniciados após 11 de novembro de 2017, quando a legislação entrou em vigor.

Lei Trabalhista: TST decide que demissão só pode ser homologada no sindicato

Tema é controverso, mas o ministro Alexandre Agra Belmonte decidiu em setença que "se o empregado tiver mais de um ano de serviço, o pedido de demissão somente terá validade se assistido pelo seu sindicato".

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site