TELECOM

Oi vence Unitel em disputa de R$ 2,4 bilhões

Convergência Digital* ... 28/02/2019 ... Convergência Digital

A Oi bateu a angolana Unitel na disputa arbitral que se arrasta desde 2015 e tem a receber cerca de R$ 2,4 bilhões, segundo informou a empresa em comunicado ao mercado, relativos à dividendos e a desvalorização da participação de 25% na empresa, consequência de decisões do conselho.

Segundo o comunicado, a Câmara de Comércio Internacional “entendeu que os outros acionistas da Unitel violaram diversas previsões do acordo de acionistas" ao negarem a nomeação pela Oi, através da PT Ventures, de administradores na Unitel, e por terem suspendido de forma que o tribunal considerou injustificada os direitos da Oi na Unitel. Também considerou que houve transações dos acionistas em benefício próprio e não prestaram as informações devidas à Oi.”

Pela decisão do tribunal arbitral, a PT Ventures, que a Oi ‘herdou’ da Portugal Telecom, tem a receber US$ 339,4 milhões (cerca de R$ 1,3 bilhão) relativos a “reiteradas violações ao acordo de acionistas” da Unitel. Segundo a Oi, estas violações levaram a uma “redução significativa” no valor da participação de 25% da PT Ventures na companhia angolana, um dos ativos considerados pela Oi para venda dentro de seu plano de recuperação judicial.

Além disso, o tribunal determinou pagamento à PT Ventures de US$ 314,8 milhões (R$ 1,2 bi) correspondentes a dividendos a que a subsidiária da Oi teria direito mas que não foram executados pela Unitel a partir de novembro de 2012.

“No geral, a decisão resulta em uma reafirmação dos direitos da PT Ventures como acionista detentora de 25% do capital da Unitel. (...) A PT Ventures retém todos os seus direitos previstos no acordo de acionistas, incluindo o de nomear a maioria dos membros do conselho de administração da Unitel e o direito a receber dividendos passados e futuros da Unitel”, afirmou a Oi no comunicado.

* Com informações da Reuters


Revista do 62º Painel Telebrasil 2018
Veja a revista do 62º Painel Telebrasil 2018 Brasil Digital: O futuro é agora - é o tema da revista do Painel Telebrasil 2018.
Edição, com 104 páginas, consolida os debates realizados no evento, que reuniu a indústria de Telecomunicações.
Clique aqui para ver outras edições

Oi se posiciona como prestadora de serviços de TI

Tele estruturou serviços como segurança cibernética, big data e gestão integrada. "Entender as dores e as necessidades do cliente é uma obrigação", afirma Rodrigo Shimizu, diretor de Marketing do Corporativo da Oi.

"Estamos comprometidos com o futuro do Brasil", diz CEO da Telefónica

Em reunião geral dos acionistas, realizada em Madrid, o presidente do conselho e CEO da Telefónica José María Álvarez-Pallete, afirmou que o Brasil é um dos países que mais vai crescer no mundo com a revolução digital.

Câmara proíbe teles de enviarem mensagens comerciais a clientes

Projeto de Lei 757/03 altera a LGT para vedar o envio de mensagens comerciais próprias ou de terceiros para os celulares dos clientes da telefonia móvel. Terminativo na CCJ, PL segue direto ao Senado. 

Novo projeto de lei prevê cobertura celular obrigatória de 60% das estradas

PL 1721/19 prevê inclusão da medida nas futuras licitações da Anatel. Texto precisa passar pelas comissões de ciência e tecnologia, finanças e tributação e de constituição e justiça. 




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G