TELECOM

Cade aprova acordo entre TIM e Porto Seguro sem restrições

Luís Osvaldo Grossmann ... 22/10/2018 ... Convergência Digital

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica publicou nesta segunda, 22/10, no Diário Oficial da União, a decisão de aprovar, sem restrições, o acordo para transferência de ativos da Porto Seguro Conecta para a TIM – em negociação que pode levar à migração de clientes da rede virtual da seguradora para a tele móvel.

A conclusão do Cade é de que não há necessidade de adoção de qualquer remédio concorrencial uma vez que as participações combinadas das duas empresas, tanto no mercado de telefonia móvel como de comunicação máquina-a-máquina (M2M), não alteram nenhum deles de forma significativa.

Segundo o Cade, a Tim detém 11,14% do mercado nacional de M2M, participação que passará para 13,94% com a eventual adição dos acessos da Porto Seguro Conecta. Já no mercado de Serviço Móvel Pessoal, avaliado com base nos números de 2017, a eventual migração dos clientes da seguradora deixaria a TIM com participação total de 25,03%, pouco acima dos 24,79% detidos então.

Como já indicara a Anatel, essa migração depende do interesse dos usuários. “Com a Operação poderá ocorrer a migração dos clientes do RRV-SMP da Conecta para a TIM, bem como a transferência dos ativos necessários à prestação dos serviços M2M da Conecta para a TIM. Ressalte-se que os clientes podem se negar à migração, optando por outras alternativas para contratar uma prestadora de SMP sem custos adicionais, conforme Resolução nº 460/2007 da Anatel que trata da implementação de portabilidade numérica no setor”, diz o Cade.

A Conecta presta serviço móvel por meio de rede virtual (telefonia móvel) nas cidades de São Paulo, Região Metropolitana de São Paulo, Santos, Campinas, Vale do Paraíba, Rio de Janeiro e Região Metropolitana do Rio de Janeiro,


Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Marco de Telecom: CCT do Senado promete rapidez, mas quer ouvir presidente da Anatel

Os senadores da Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado prometem uma votação rápida do novo modelo para o setor de Telecomunicações. Mas uma data para votação só deve ser definida na próxima semana, quando retorna de missão internacional a relatora do PLC 79/16, Daniella Ribeiro (PP-PB).

Anatel abre 90 dias para teles inscreverem suas inovações ao consumidor

Edital do Concurso Prática Inovadora nas Relações de Consumo nos Serviços de Telecomunicações 2019  prevê premiações separadas para pequenas e grandes empresas.

4G da Oi leva Internet e comunicação à estação brasileira da Antártica

Condições na base Comandante Ferraz - com ventos de até 200 Km/h e temperaturas recordes negativas - são inóspitas. Por vídeochamada, o comandante Geraldo Juaçaba e o diretor da Oi, Roberto Blois, falam ao Convergência Digital sobre o impacto dessa nova infraestrutura de telecomunicações na vida da base brasileira.

Sangria na telefonia fixa faz mercado perder meio milhão de linhas em janeiro

Nos 12 meses terminados em janeiro, sangria de assinantes do STFC passou de 2,5 milhões de acessos. A Oi, entre as concessionárias, detém 56,04% das linhas ativas. Entre as autorizadas, a Claro aparece com 10,2 milhões de linhas ativas, ou 62,41%.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G