Home - Convergência Digital

Anatel agenda leilão do 5G para março de 2020

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo* - 27/02/2019

As frequências 5G - em 3,5GHz, 2,3GHz e uma sobra de 10 Mhz + 10 Mhz no 700 Mhz - já têm data para serem vendidas no Brasil: março de 2020, segundo informou o presidente da Anatel,Leonardo Morais, nesta quarta-feira, 27/02, durante o Mobile World Congress, que acontece em Barcelona e que reúne mais de 100 mil pessoas.

"Já informo a data para dar previsibilidade ao mercado. A consulta pública sai no 2º semestre para que o ecossistema possa ajustar todas as suas questões", reforçou Morais. A Anatel defende que o leilão 5G se preocupe mais com a cobertura e com a qualidade de serviço e menos com a questão arrecadatória.

Mas isso não significa que as operadoras não terão metas e/ou exigências. Segundo o presidente da Anatel, a ideia é que ao comprarem faixas mais baixas - como o 100 Mhz de 2,3GHz e mesmo no 3,5GHz que teria, em tese 50 Mhz para cada uma das operadoras em atuação no Brasil, tenham que cumprir metas de capacidade e de entrega de serviços.

"Sabemos que com a divisão que se quer fazer, cada operadora poderá ficar com de 50 Mhz a 80 Mhz, mas temos que lembrar que não é muito difereente do que está sendo ofertado às operadoras em países como Estados Unidos e China", reforçou. O presidente da Anatel também adiantou que há uma expectativa de destinar mais de 200 Mhz para banda larga móvel a partir do refarming da faixa de 3,4GHz.

As frequências milimétricas- consideradas milionárias e que devem gerar, segundo a GSMA, pelo menos US$ 20 bilhões, não estão no radar ainda. O Brasil tenderia pela faixa de 26 GHz, mas os estudos da área técnica estão acontecendo, mas não para o curto prazo. Sobre a faixa de 450 Mhz - que está com as operadoras por conta do leilão do 2,5GHz - Morais diz que o Conselho Diretor precisa tomar uma decisão rápida. "Se as operadoras vão ter ou não de devolver as faixas para que definamos logo uma estratégia". O tema está no conselho, mas recebe sempre um pedido de vista.

*Ana Paula Lobo viajou a Barcelona a convite da Huawei do Brasil

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

22/04/2019
Oi monta espaço 5G no evento Rio Creative Conference 2019

18/04/2019
Ministério da Economia avalia proposta de adotar imposto único sobre consumo

18/04/2019
Carros conectados: Comissão Europeia impõe derrota ao 5G e elege o Wi-fi como tecnologia padrão

17/04/2019
Governo descarta redução, mas promete simplificação da carga tributária

17/04/2019
Governo orquestra as compras públicas para pagar pelo uso

17/04/2019
FCC barra China Mobile de atuar nos Estados Unidos

17/04/2019
BRQ: Desafio imediato do Brasil é escalar 1 milhão de novos trabalhadores para TICs

16/04/2019
Anatel: Muita falácia exige diálogo sobre revisão do marco legal de telecom

15/04/2019
EUA planejam fazer oferta inédita de espectro em novo leilão 5G

15/04/2019
Bélgica não vê motivo para não usar Huawei no 5G

Destaques
Destaques

Ecossistema de IoT movimentará R$ 38 bilhões

Projeção do mercado é que o segmento vai crescer acima de 20% ano contra ano até 2022. Dispositivos, em especial os smartphones, impulsionam o crescimento dos investimentos em TI ao longo de 2019.

Para Ericsson, 5G vai fazer acontecer, de verdade, a indústria 4.0

Presidente da fabricante para a América do Sul, Eduardo Ricotta, diz que uma operadora com 50 Mhz a 80 Mhz terá espectro para oferecer bons serviços, especialmente, o da banda larga fixa móvel. "Há cidades no Brasil, com menos de 100 mil habitantes, com conexões de 2 Mbits. O 5G vai chegar oferecendo bem mais", observa.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Smartphones colocam Inteligência Artificial na palma da mão

Por Samir Vani*

Tecnologias como reconhecimento facial, identificação de objetos e realidade aumentada já estão disponíveis na palma das nossas mãos, mas boa parte das pessoas não sabe ainda.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site