OPINIÃO

Sua empresa precisa de SD-WAN?

Por Yuri de Souza (*)
22/07/2019 ... Convergência Digital

Nos cinco continentes do mundo as empresas reconhecem que a evolução da nuvem trouxe uma série de benefícios para o universo corporativo. Por esse motivo, passaram a buscar por soluções que ofereçam mais eficiência nos processos de inovação e de transformação digital, com o objetivo de impulsionar o potencial das equipes e, consequentemente, o sucesso dos negócios.

Segundo a Forrester, até 2020, a computação na nuvem movimentará cerca de US$ 241 milhões no mundo inteiro. Um estudo deste ano da Citrix, em parceria com a Economist Intelligent Unit (EIU), levantou informações sobre os investimentos das empresas da América Latina na melhoria da experiência dos funcionários. Dos executivos entrevistados, 40% afirmam que a principal razão para esse investimento é o engajamento e a produtividade, e 36% pela satisfação do cliente.

Esses dados explicam o aumento significativo da busca das empresas por novas tecnologias. Entre as mais procuradas no mercado, se destaca a Rede Definida por Software (SD-WAN), que surgiu como uma substituição direta para a MPLS, desenvolvida para permitir o isolamento do tráfego de clientes em redes privadas virtuais (VPNs). Durante anos foi a única utilizada para  gestão do fluxo de tráfego, e para resolução de problemas na rede como escalabilidade, gerenciamento e desempenho, mas sempre apresentou alto custo por banda.

O SD-WAN surgiu para suprir não apenas uma necessidade de gerenciamento simplificado de redes de longa distância (WAN), aumento de desempenho de aplicações e de conectividade entre filiais, mas também como uma alternativa mais segura e econômica para esse tipo de operação, com a esmagadora vantagem competitiva de ser baseada na nuvem.

Apesar dos benefícios promissores que o SD-WAN oferece, existe uma variedade de questões que giram em torno desse tipo de solução, que devem ser rigorosamente respondidas antes de qualquer tomada de decisão por parte dos executivos de TI. E um dos principais motivos para essa avaliação é que afirmar que o SD-WAN é econômica – já que reduz os custos gerais com infraestrutura de rede – não significa que o valor investido seja inferior.

Então, antes de dar esse grande passo, abaixo estão quatro dicas para avaliar se esse é o tipo de tecnologia que sua empresa precisa e como fazer o investimento valer a pena, extraindo o máximo de  vantagens do SD-WAN:

Isso é realmente o que a sua empresa precisa?
   
É fundamental fazer uma análise profunda de todo o ambiente tecnológico para avaliar se a infraestrutura e os planos futuros da empresa realmente demandam uma rede definida por software. O conceito de transformação digital impulsiona decisões modernas e inovadoras, mas para cada organização é necessário um conjunto específico de tecnologias para promover mudanças e trazer retornos significativos. Sem esse tipo de reflexão, as chances de frustações e gastos desnecessários são enormes.

Integração a favor da transformação digital
   
O uso do SD-WAN se mostrou um meio eficaz para acelerar a transformação digital corporativa, a partir da integração entre as infraestruturas das empresas e as novas tecnologias disponíveis no mercado. Dessa forma, é possível gerenciar ambientes complexos de forma simplificada, resultando em aumento de performance e redução de custos – principalmente com links dedicados, já que a conexão é otimizada. Além disso, é possível integrar também políticas e controles para definir com prioridade os recursos mais críticos.

Segurança
   
Quando se trata de computação em nuvem, segurança ainda é a maior preocupação das empresas. Sendo assim, é essencial buscar fornecedores capazes de integrar segurança de forma simples, com controle, visibilidade e que atendam às necessidades dos ambientes híbridos e multi-cloud. Afinal, o tráfego que antes era direcionado apenas para o datacenter, agora com o SD-WAN conta com uma exposição muito maior, elevando o risco de ataques e ameaças mais sofisticadas.

Isso é SD-WAN de verdade?
   
É possível encontrar diversos fornecedores no mercado tecnológico, inclusive as do tipo “tabajara”, que ofertam SD-WAN, mas, no fim das contas, não são capazes de entregar o que essa tecnologia realmente propõe. Para não cair nessa armadilha, é imprescindível consultar fornecedores capazes de orquestrar a entrega de aplicações, migrar cargas de trabalho e garantir a visibilidade e segurança dos acessos. Esses são os requisitos básicos para garantir que a equipe de TI possa gerenciar os ambientes de forma centralizada com mais autonomia e agilidade nos negócios.

O SD-WAN é uma oportunidade de ouro para as equipes trabalharem com mais agilidade e produtividade. E nesse mercado cada vez mais competitivo, saber como extrair o melhor dessa tecnologia para colocar em prática recursos inteligentes de conexão é um tempero poderoso que pode fazer toda a diferença em uma receita de sucesso para a transformação digital da sua empresa, desde que implementada com o fornecedor adequado.

(*) Yuri de Souza é Networking Sales Specialist da Citrix Brasil

 


Carreira
Graduação em Ciências de Dados terá 2610 horas

Curso será ofertado pela Escola de Matemática Aplicada da Fundação Getulio Vargas (FGV EMAp), no Rio de Janeiro. São 2610 horas de aulas. Inscrições vão até o dia 08 de outubro. Serão 40 vagas para a primeira turma - 32 vagas por meio do vestibular FGV e 8 vagas pelo ENEM.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G