Convergência Digital - Home

Nuvem pública ganha diretrizes de segurança

Convergência Digital
Da redação - 14/02/2012
Depois de quase um ano de muito trabalho, o Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia (NIST) dos Estados Unidos apresentou uma publicação de 80 páginas intitulada "Guidelines on Security and Privacy in Public Cloud Computing", com diretrizes e orientações sobre segurança e privacidade na computação em nuvem. Objetivo é auxiliar corporações e governos na tarefa de avaliar o uso da nuvem pública.

Segundo a descrição feita pelo próprio NIST, o documento traz "uma visão geral sobre os desafios de segurança e privacidade relacionados à cloud computing pública. Além disso, apresenta recomendações que as organizações devem considerar ao terceirizar dados, aplicativos e infraestrutura para um ambiente de nuvem pública. O documento oferece visões sobre ameaças, riscos de tecnologia e meios de proteção relacionados a cloud pública para ajudar as empresas a tomarem decisões baseadas em informações sólidas sobre este uso da tecnologia."

Ainda de acordo com o instituto, o documento é desenvolvido para os responsáveis por conduzir iniciativas de computação em nuvem; profissionais responsáveis por medidas de privacidade e segurança para cloud computing; adminsitradores de redes e sistemas; e usuários de serviços de nuvem pública.

Para os especialistas, considerando que os ambientes de cloud pública trazem consigo uma série de desafios de segurança, os quais, talvez, não existam em ambientes de nuvem privada ou híbrida, vale a pena ler as considerações do NIST. Elas ajudam a entender quais são os problemas e preocupações que devem ser endereçadas antes de armazenar os dados em uma nuvem pública.

O estudo completo está disponível em:
www.nist.gov/itl/csd/cloud-012412.cfm
Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email Addthis

Destaques
Destaques

Dataprev e Serpro vão prestar serviço pela nuvem pública

Objetivo é atender de forma unificada demandas distintas dos órgãos públicos. Empresas vão integrar orquestradores e planejam contratar serviços da Amazon, Google e Azure.

Mercado de computação em nuvem foi de R$ 2,25 bilhões no Brasil

Estudo da ABES mostra que o segmento registrou uma expansão de 47,4% em 2016, tendo como base os dois principais serviços - Software como Serviço (SaaS) e PaaS (plataforma como Serviço). O segmento de análise de dados faturou US$ 809 milhões



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Empresas de TI ou organizações dependentes dela?

Por Paulo de Godoy*

Considerada parte do ‘guarda-chuva’ da Inteligência Artificial, a Machine Learning vem crescendo e ganhando força à medida que o volume de dados explode.

Criando uma arquitetura analítica para o futuro

Por Stephen Rigo*

O custo de não ter a arquitetura analítica adequada é alto, já que esse fator pode gerar problemas de incompatibilidade, governança, segurança, falta de acordos de nível de serviço, escalabilidade e problemas de extensibilidade.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site