Convergência Digital - Home

Governo do Panamá cria nuvem privada

Convergência Digital
Da redação - 24/02/2012

O governo federal do Panamá, por meio da AIG (Autoridade de Inovação Governamental), anunciou que está construindo uma nuvem privada, que será utilizada para oferecer serviços a instituições governamentais. A estrutura será construída sobre a tecnologia de Infraestrutura Convergente da HP, que venceu a concorrência por meio de seu parceiro panamenho, SmartBytes.

A justificativa para o projeto é que muitas organizações oficiais enfrentam desafios similares quando precisam suprir as necessidades que diferentes instituições internas possuem para processamento de informações. Isso somado ao crescimento dos custos totais de infraestrutura e às restrições de capacidade total de processamento formam os principais obstáculos que estas organizações enfrentam na hora de estruturar seu ambiente de TI.

Além disso, a AIG enfrentava um desafio extra relativo à quantidade de pessoal exigido para atender às expectativas de levar sua infraestrutura de TI para a nuvem. Para superá-los, a AIG precisava de uma solução escalável, confiável e que garantisse redução nos custos de infraestrutura, ao mesmo tempo em que permitisse mais flexibilidade na hora de atender à demanda.

Após um processo de concorrência, a organização optou pela tecnologia HP CloudSystem Matrix como base para levar sua infraestrutura para a nuvem e passar a oferecer serviços a partir dela. A nova plataforma permitirá que a AIG responda a seus usuários e, ao mesmo tempo, simplifique a criação de serviços em nuvem que facilitem o provisionamento de infraestrutura sob demanda.

“Precisávamos de uma solução que atendesse nossos desafios de TI e criasse o ambiente necessário para a entrega de infraestrutura a nossos clientes. A HP nos trouxe convergência e flexibilidade, ajudando a cumprir nossas expectativas”, afirma Eduardo Jaén, executivo da AIG.

A infraestrutura utilizada no projeto é composta por um kit Blade Matrix Starter, que inclui:

• 1 servidor Enclosure C7000
• 5 servidores BL 460 G7
• 1 servidor DL 360 G7
• 1 VirtualConnect FC & Ethernet
• 1 Enterprise Virtual Array (EVA) 4400
• 8 discos de 450 GB

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email Addthis

Destaques
Destaques

Teles partem para soluções próprias de big data

A adoção da análise preditiva dos dados ainda é considerada 'excessivamente cautelosa' nas operadoras de telecomunicações da América Latina. Mercado na região de big data chegou a R$ 2 bilhões no ano passado.

O fim da era dos serviços tradicionais nos data centers

Mercado está em franca expansão e atrai investimentos de fundos de private equity na América Latina, mas provedores têm de reestruturar as suas ofertas para atender a demanda das empresas. Hosting dedicado ainda foi o produto mais demandado em 2016.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O uso inteligente do Big Data a favor da indústria

Por Marlos Bosso*

Os impactos da revolução 4.0 são inevitáveis. Identrificar o que está por vir é o desafio dos executivos.

Produzimos mais dados do que a capacidade de armazená-los

Por Thiago Franco*

Será que a demanda digital romperá com os limites físicos dos datacenters em curto prazo? Nos últimos anos, muitos especialistas têm tentado responder a esta pergunta.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site