GOVERNO » Compras Governamentais

Compras governamentais: SLTI minimiza impacto na flexibilização da IN-4

Luiz Queiroz e Luis Oswaldo Grossmann ... 28/02/2012 ... Convergência Digital

O secretário de Logística e TI do Ministério do Planejamento, Delfino Natal de Souza, garante que as mudanças ocorridas na IN-4 - Instrução Normativa que rege o modelo de compras governamentais no país - afetam a um pequeno universo das compras de serviços de TI e, além disso, poderá ser revista em 12 meses, caso se verifique algum problema.

Segundo Delfino de Souza, a medida estava prejudicando os organismos federais dependentes dessas compras,uma vez que a burocracia acabava prejudicando a agilidade nas contratações. Entretanto, sobre a participação das empresas estatais, que também foram beneficiadas pelo afrouxamento das regras da IN-4, Delfino sustenta que o principal item da Instrução - que seria o controle e a definição estratégica daquilo que for comprado - não foi alterado.

A estratégia geral de TI foi mantida, segundo ele, e as empresas estatais não irão se valer da mudança para ganhar o mercado governanental das empresas privadas. CDTV gravou entrevista sobre o tema com o secretário de Logística do Ministério do Planejamento. Assistam:


Governo terá plataforma única para cruzamento de dados no Poder Executivo

Planejamento chegou a proibir os órgãos federais de contratarem soluções de Big Data e Analytics para evitar dispersões.

Greve continua e não há data para lançamento do satélite da Telebras

Previsto para o dia 21 de março, o lançamento, agora, só deverá acontecer pelo menos 10 dias depois do fim da greve geral na Guiana Francesa. Governo diz que atraso não causa prejuízo aos projetos nem financeiro.

Gilberto Kassab sofre duas investigações oficiais por conta da Lava Jato

O jornal Estado de São Paulo divulgou a lista do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal. Foi determinada a abertura de inquérito contra contra nove ministros do governo Temer, 29 senadores e 42 deputados federais, entre eles os presidentes das duas Casas - Senado e Câmara.

"Há chances, sim, de reverter a reoneração da folha para TI", afirma Kassab

"Os números apresentados me convenceram plenamente. Eu estou à frente dessa negociação no governo", afirmou o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab.

STF livra governo federal de responder por dívidas trabalhistas de terceirizados

“A responsabilidade por débitos trabalhistas de terceiros seria desestímulo à colaboração da iniciativa privada com a administração pública”, sustentou no voto de desempate o ministro Alexandre de Moraes.



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G