Convergência Digital - Home

Rio Grande do Sul abre fronteiras em TI

Convergência Digital - Cobertura Especial CeBIT 2012
Da redação - 08/03/2012

O Rio Grande do Sul apresentou nesta quarta-feira, 07/03, a competividade do Estado no setor de Tecnologia da Informação (TI) a empresários participantes da Cebit 2012, na Alemanha. O Seminário de Oportunidade de Negócios em TI foi organizado pela Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (AGDI) e pela Federação da Indústria do Rio Grande do Sul (Fiergs) e mapeou aos participantes os diferenciais que transformam o Estado em vanguarda da área tecnológica no Brasil.

"O Rio Grande do Sul manteve contatos estratégicos com potenciais investidores, em mais uma ação de internacionalização da nossa política de desenvolvimento", disse Mariela Klee, coordenadora da Área Internacional da Secretaria de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (SDPI).

O presidente da AGDI, Marcus Coester, mostrou as oportunidades de negócios e a estratégia de desenvolvimento, e o secretário da Ciência Inovação e Desenvolvimento Tecnológico, Cléber Prodanov, destacou o potencial dos parques tecnológicos do Estado. O vice-presidente do Ciergs, Ricardo Felizzola, falou sobre o mercado de tecnologia da informação no sul do Brasil.

Alemanha, Angola, Espanha, Polônia, Portugal, Ucrânia, África do Sul, Afeganistão, Áustria, Bélgica, Brasil, Japão, Uruguai, Suécia, Argentina, Albânia, Coreia do Sul, Estados Unidos, Romênia, Grécia, Inglaterra, Suriname e China são os potenciais mercados futuros dos expositores gaúchos, prospectados no Cebit. O Governo do Estado aportou 80% do valor do estande para micro, pequenas e médias empresas que participam da edição deste ano da maior feira de tecnologia do mundo, além de apoiar a presença dos parques tecnológicos Tecnopuc, Tecnosinos e da UFRGS em um estande coletivo. Nesta edição foi montado também um estande institucional para apresentar as potencialidades do Estado.

Oportunidades de negócios

As 16 empresas apoiadas pelo Governo do Estado realizaram 208 contatos apenas no primeiro dia da feira. Algumas delas iniciaram negociações aprofundadas na Cebit 2012. A Neteye IT Management Software, incubada no Tecnosinos, em São Leopoldo, aproximou-se de uma grande empresa que atua em vários países, entre eles Austrália, Inglaterra, Estados Unidos e em toda América Latina.

"Um contato como esse, com a probabilidade da concretização de negócios e potencial de distribuição para uma rede tão grande, vale a vinda à feira", diz Fábio Santini, CEO da empresa. Já a Hypervisual, de Porto Alegre, nunca havia participado de uma feira no exterior. "É uma primeira participação, que vai nos possibilitar avaliar mercados e aprender com a experiência", diz a diretora Letícia Polidoro.

Uma das empresas que está participando do estande do Rio Grande do Sul é a Perto, de Gravataí. A direção da companhia elogiou a atuação do Governo gaúcho, que tem incentivado o deslocamento de empresas para feiras internacionais. A Perto, que vai ampliar a sua unidade, iniciou na edição de 2011 da Cebit um contato com a Índia, onde vai construir uma unidade, pioneira da área de tecnologia de informação brasileira em solo indiano. De acordo da Thomas Elbling, presidente da Perto, o Estado deve apostar nos setores modernos da nova economia como estratégia de desenvolvimento.

No estande da Digitel foram feitos contatos com vários países, sobretudo aqueles que compõem o alvo de mercado da companhia, no Oriente Médio e no Norte da África. Em 2009, na mesma Cebit, a empresa iniciou um contato com o Egito que levou a uma parceria com um representante local. A Digitel teve encontros com empresas do Afeganistão, Ucrânia e África do Sul.

"Dificilmente iríamos ao Afeganistão para negociar, e participar como expositor na Cebit nos proporciona esses contatos, que geralmente evoluem para bons negócios", informa Beto Flesch, diretor de Marketing Internacional da empresa.


Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

09/03/2012
CeBIT poderá gerar negócios de US$ 60 milhões

14/03/2012
Brasil define certificação de software

13/03/2012
Com.sat investe em Parque Tecnológico da Bahia

12/03/2012
Brasileiras firmam parcerias comerciais

08/03/2012
Rio Grande do Sul abre fronteiras em TI

07/03/2012
Design brasileiro mostra seu talento na Alemanha

07/03/2012
Bahia busca parceiros para parque tecnológico

06/03/2012
Brasil quer mais negócios na área de Inovação e Tecnologia

05/03/2012
Dilma Rousseff: Exclusão digital acirra a desigualdade social

05/03/2012
Para Google, a Internet ainda é para poucos

Copyright © 2012 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site