GESTÃO

Itautec ganha causa no TST sobre uso de telefone celular

Da redação ... 14/03/2012 ... Convergência Digital

Em recurso da 1ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho, a Itautec S. A. foi dispensada de pagar adicional de sobreaviso a um empregado que usava aparelho celular da empresa fora do horário de serviço. O órgão entendeu que o adicional é devido apenas no caso de o empregado ser obrigado a permanecer em casa para receber ordens de serviço do empregador, o que não acontece quando se faz uso de aparelhos como o celular, bip ou rádio.

A empresa recorreu ao TST contra decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (Bahia) que a condenou ao pagamento de horas de sobreaviso e a multou por ter tomado medidas que atrasaram o processo. O entendimento foi que o uso do celular pelo empregado, para receber ordens da empresa, apesar de não limitar sua liberdade de locomoção, restringe seu tempo, que não pode ser usado de forma livre.

O relator da 1ª Turma do TST, ministro Vieira de Mello Filho, afirmou que a decisão regional se opõe à jurisprudência do TST, para a qual o pressuposto maior para a caracterização do sobreaviso é, justamente, a limitação de liberdade de locomoção do empregado e a limitação da disposição de seu tempo, conforme estabelece o artigo 224, parágrafo 2º, da CLT.

O relator esclareceu que o uso do telefone celular pelo empregado, por si só, não caracteriza o regime de sobreaviso, uma vez que ele não precisa permanecer em sua residência aguardando, a qualquer momento, ser chamado para o serviço. Ao contrário, dá a ele liberdade de aproveitar o seu tempo como ele quiser, bastando que mantenha o aparelho ligado e perto. O voto de Mello Filho foi seguido por unanimidade.

Com informações da Assessoria de Comunicação do Tribunal Superior do Trabalho.


Carreira
Governo Federal abre inscrições para curso gratuito de inglês

Língua inglesa é fundamental na área de TI. Iniciativa é dividida em cinco níveis de aprendizado: iniciante, básico, pré-intermediário, intermediário e avançado.

Receita aperta o cerco às empresas devedoras do Simples

Fisco vai notificar 556,13 mil companhias, que respondem por uma dívida de R$ 22,7 bilhões. Destas, 172,54 mil atuam no Estado de São Paulo e devem R$ 7,5 bilhões. Saída do Simples pode gerar um aumento da carga tributária em até 30%.

Leroy Merlin: TI não é provedora de serviços, é parceira de negócios

Para ter uma plataforma única para todos os canais, o desafio diário é fazer a integração, salienta o CIO da companhia, Matthieu Grymonprez. Atualmente, 80% dos clientes acessam ao site antes de ir à loja.

Robôs agilizam a emissão de guias da previdência social

Mas para usar os robôs de forma eficiente é preciso avaliar os processos, destaca Fernando Capovilla, gerente de competitividade e automação da Capgemini Brasil. A empresa, por exemplo, usa mais de 100 robôs operando em diversas tecnologias.

Menos de 5% das empresas estão aptas ao regime do eSocial

Pesquisa feita pela FENACON, entidade ligada às empresas de serviços contábeis, com mais de mil associados, revela um dado preocupante: quase metade ainda nem começou a implantar o sistema.

Governo lança nova versão do Guia de Boas Práticas para a compra de TI

Guia reúne conjunto de normas a serem adotadas por mais de 200 órgãos integrantes do Sistema de Administração dos Recursos de Tecnologia da Informação (SISP).



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G