TELECOM

Vivo e TIM se distanciam de Claro e Oi no mercado móvel

Ana Paula Lobo* ... 26/03/2012 ... Convergência Digital

O mercado móvel brasileiro apresenta uma tendência de alta nos primeiros meses de 2012. Dados da Anatel revelam que o país terminou fevereiro com 247,6 milhões de celulares. As adições líquidas do mês (2,44 milhões) superaram em pouco às de fevereiro do ano passado (2,42 milhões).

No embate pela liderança do market share nacional, os números mostram que Vivo e TIM se distanciam das rivais Claro e Oi. As duas operadoras se alternam na disputa pela liderança das adições líquidas nos últimos trimestres, enquanto a Claro apresenta uma performance baixa e se aproxima da Oi, que está na lanterna.

O mercado pré-pago, grande responsável pela base de celulares ativos das teles, mobiliza essa briga de Vivo e TIM. A Vivo fechou 2011, com 27,38% e, em fevereiro, registrava 28,38%. A TIM, por sua vez, fechou 2011, com 27,64% e, em fevereiro, somou 27,82%.

Já no mercado pós-pago, a performance da Claro, que ocupa a segunda posição - ficando atrás da Vivo, que tem 36,51% - aponta uma tendência de baixa - terminou 2011 com 28,75% e, em fevereiro, registrou 28,52%. Nessa modalidade, a Oi tenta reagir: em 2011, fechou com 12,95% e, em fevereiro, somou 13,17%.

Os dados sobre o mercado de telefonia móvel, publicados pelo portal Teleco, nesta segunda-feira, 26/03, a partir dos números da Anatel, mostram que o mercado pré-pago segue como crucial para a receita financeira das operadoras. A Oi é a empresa que mais depende do mercado pré-pago, com 87,15% e, em fevereiro, viu a adesão ao modelo cair para 19,76%. A TIM fica na segunda posição com 85,58%. Em fevereiro, registrou uma leve alta nas adesões: terminou 2011 com 27,64% e, em fevereiro, chegou a 27,82%.

A Vivo aparece na terceira posição com 77,85% da base no pré-pago. A empresa também ampliou, este ano, as adesões na modalidade - terminou 2011 com 27,38% e, em fevereiro, registrou 28,38%. A Claro registra 79,06% da sua base no pré-pago - é a que tem, dentro dos números, menor dependência, mas os números de fevereiro mostram que as adesões à tele registram tendência de baixa no pós-pago - terminou 2011 com 28,72% e, em fevereiro, tinha 28,52% e no pré-pago, em 2011, registrou 24,08% e, em fevereiro, 23,81%.

A Oi, que tem no pré-pago grande parte da sua base, em fevereiro, registrou queda em relação ao final de 2011, 19,76% contra 20,07%. No pós-pago, no entanto, a tele mostrou uma reação. Tinha 12,95% ao final do ano passado, e, em fevereiro, ficou com 13,17%, margem ainda muito distante da rival TIM, que fechou, em fevereiro, com 21,20% - tinha, 21,12%, em dezembro de 2011.

Nas adições líquidas, o embate entre Vivo e TIM se revela. A Vivo, em fevereiro, contabilizou 1032 milhão de novas adições. A TIM fechou o mês com 791 mil. E a distância delas para as rivais Claro e Oi é grande: A Claro somou 305 mil novas adições e a Oi, 310 mil. De acordo com o Teleco, Vivo e TIM acumularam 7,7 milhões de celulares nos últimos seis meses, enquanto Claro e Oi acumularam 4,3 e 3,9 milhões respectivamente neste período.

*Com dados do portal Teleco (www.teleco.com.br)


Internet Móvel 3G 4G
Brasil já contabiliza mais de 1 smartphone ativo por habitante

Maioria dos brasileiros - 70% - prefere o celular inteligente para acessar à Internet. Em maio, o País terá 306 milhões de dispositivos portáteis em uso, somando smartphones, notebooks e tablets.

Nextel vai pagar R$ 68 milhões pela migração para SMP

Conta diz respeito à adaptação das outorgas na faixa de 800 MHz, ainda em 2015. Valor inicialmente previsto era de R$ 411 milhões.

Teles: bloqueio após o fim da franquia não afronta o Marco Civil da Internet

Em nota oficial, o SindiTelebrasil diz que a "A PROTESTE insiste em querer fazer prevalecer a sua interpretação equivocada sobre a legislação aplicável à Internet".

Oi desembolsa R$ 51 milhões para pagar cerca de 500 credores

Operadora pagou as credores que fizeram a escolha da opção de pagamento em fevereiro. "Este é mais um passo no cumprimento da recuperação judicial", afirma o presidente da companhia, Eurico Teles.

Fox obtém vitória na Justiça do Uruguai e tenta replicar no Brasil decisão contra pirataria

Segundo um relatório da NetNames, de 222 milhões de usuários da internet na América do Sul, 110 milhões acessam conteúdos piratas.

Anatel impõe ligação gratuita à Oi em orelhões em 12 estados

Anatel já adota a medida há seis anos, quando verificou que aproximadamente metade dos orelhões do país não funcionava.

Preterida pelas teles, faixa de 450 MHz está na mira do setor elétrico

Elétricas e Anatel discutem destinação desta e outras faixas em caráter primário para as empresas de utilities. “Precisamos de 10 MHz. E pelo menos seis fornecedores no Brasil têm equipamentos em 450 MHz e outras faixas”, diz Ronaldo Santarem, da UTC AL.


Veja a revista do 61º Painel Telebrasil 2017
Revista do 61º Painel Telebrasil 2017
A edição de 2017 do Painel Telebrasil enfatizou a necessidade de atualização do modelo de telecomunicações e a definição de uma agenda digital para o País.

Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G