Home - Convergência Digital

Na era dos aplicativos, começa a guerra pelos domínios móveis

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo e Rodrigo dos Santos - 26/03/2012

Proteger a marca no ambiente móvel precisa estar na lista de prioridade dos gestores de uma corporação, mesmo para aquelas que, nesse momento, ainda não vislumbram razão para investir em desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis, adverte Francisco Maldonado, diretor da ExpressApps, que participou de um seminário sobre Aplicativos x Privacidade, realizado na Fecomércio, em São Paulo, realizado no último dia 21 de março.

"Rgistrem suas marcas no ambiente móvel porque a corrida pelo domínio já começou", afirmou Maldonado, observando que, por dia, a loja da Apple recebe 2 mil pedidos de aplicativos.

Ele lembra que a Apple é mais criteriosa - analisa os pedidos com mais cuidado e rejeita os aplicativos considerados 'dúbios', mas o Android, é mais flexível. "Isso significa que cuidar da marca é imperativo antes que outro use e no Brasil não há ainda nenhum controle sobre marca móvel", salienta.

Maldonado conta que o problema é maior em países como Estados Unidos, mas já acontece no Brasil e cita um exemplo: Runner Academia, que teve o seu domínio registrado por outra empresa e teve que criar seu aplicativo com outro domínio.

O seminário "Aplicativos x Privacidade', foi realizado pela Federação de Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomércio), na sede da entidade, no último dia 21 de março. Assista o alerta dado por Francisco Maldonado, da ExpressApps sobre proteção de marca no ambiente móvel.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

08/12/2017
Movile, dona do iFood, recebe novo aporte de US$ 82 milhões

08/12/2017
App que bateu Uber na China vai atuar fora do país

01/12/2017
Governo de São Paulo troca frota própria de carros por app da Cabify

30/11/2017
Brasileiros gastam até R$ 300 por mês com apps de transporte

14/11/2017
WhatsApp consome menos dados. Messenger vence em vídeo

06/11/2017
App de táxi do governo federal incentiva compartilhamento de corridas

31/10/2017
Senado;disputa Uber, Cabify e 99 x Taxis volta à Câmara

27/10/2017
CEO da Uber vem ao Brasil na véspera da votação no Senado

24/10/2017
Senado aprova urgência e derruba substitutivo à Lei do Uber

24/10/2017
LATAM vai vender Internet Wi-Fi em voos no Brasil

Destaques
Destaques

Teles projetam 100 milhões de 4G até o fim de 2017

Em outubro, a conta é de que já existiam 95 milhões de acessos em 4G, contra 92 milhões de 3G. Expectativa é de que o LTE represente 80% dos acessos em 2018.

Migração total do 2G exige smartphones mais baratos

Para o Sinditelebrasil, preço dos aparelhos é barreira para os 36 milhões de usuários que ainda têm acessos GSM. Acessos 4G superaram os 3G em outubro.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Teles Tradicionais X Especializadas: o dilema para a IoT

Por Fábio Trindade

M2M e a Internet das Coisas são elementos centrais no debate das novas tecnologias que formarão o futuro em torno da 5G e continuarão em crescimento vertiginoso.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site