Home - Convergência Digital

Smartphones: No Brasil, homens dominam busca por aplicativos

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 02/04/2012

Um novo estudo do ConsumerLab, laboratório de pesquisas de comportamento da Ericsson, identificou que o uso de smartphones é diferente entre mulheres e homens. Enquanto as mulheres utilizam mais os serviços de comunicação, como voz, e-mail e SMS, os homens preferem os serviços de entretenimento e estão mais dispostos a experimentar novos serviços como o VoIP (Voz sobre IP).

O estudo destaca que a utilização de smartphones é alta durante todo o dia, assim como da internet. No Brasil, enquanto 36% dos homens pesquisados utilizam seus smartphones para jogar, entre as mulheres esse número cai para 16%. São os homens também os que assistem mais TV, vídeos e escutam música pelo celular. Além disso, são eles que dominam o download de aplicativos com mais que o dobro da frequência que o público feminino.

O quadro se inverte em relação à atividade de tirar fotos. Enquanto aproximadamente 80% das brasileiras participantes da pesquisa afirmam utilizar o dispositivo para esta função, somente 60% dos homens fazem uso do mecanismo. Porém, são eles os líderes no envio e recebimento de imagens, MMS e fotos.

Julia Casagrande, especialista do Ericsson ConsumerLab e uma das responsáveis pelo estudo no Brasil, diz: “Com a introdução dos smartphones no mercado, a internet passou a ter uma relação natural com os usuários em vários segmentos de consumo, gerando uma relação de codependência. Hoje, mais de 40% dos usuários de smartphones no Brasil já utilizam o dispositivo para navegar na internet e 33% para acessar as mídias sociais diariamente”.

Para o acesso das redes sociais, o aparelho é mais utilizado entre os homens, que preferem realizar o acesso quando em trânsito, no período da tarde e no final do dia. As mulheres lideram os acessos das redes sociais no período da manhã, antes mesmo de sair da cama, durante o almoço e novamente na cama antes de dormir. Dessa maneira, os smartphones têm impactado diretamente na frequência com que os serviços são utilizados, em comparação ao uso de computadores e celulares comuns.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

05/12/2017
Migração total do 2G exige smartphones mais baratos

04/12/2017
Brasileiros dizem adeus aos feature phones

01/11/2017
Um em cada três smartphones terá Inteligência Artificial nativa

31/10/2017
Smartphones responderam por 59% dos acessos à Internet na América Latina

10/10/2017
Microsoft mata Windows Phone e fracassa, mais uma vez, em Telecom

02/10/2017
Claro Brasil: fabricantes de smartphones precisam tratar o Brasil como país de 1º mundo

13/09/2017
Tristeza triplica uso de apps e redes sociais

13/09/2017
Smartphones respondem por seis em cada 10 conexões na América Latina

22/08/2017
Vendas globais de smartphones cresceram 6,7% no segundo trimestre

28/07/2017
Vendas globais de PCs e smartphones cairão em 2017

Destaques
Destaques

Teles projetam 100 milhões de 4G até o fim de 2017

Em outubro, a conta é de que já existiam 95 milhões de acessos em 4G, contra 92 milhões de 3G. Expectativa é de que o LTE represente 80% dos acessos em 2018.

Migração total do 2G exige smartphones mais baratos

Para o Sinditelebrasil, preço dos aparelhos é barreira para os 36 milhões de usuários que ainda têm acessos GSM. Acessos 4G superaram os 3G em outubro.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Teles Tradicionais X Especializadas: o dilema para a IoT

Por Fábio Trindade

M2M e a Internet das Coisas são elementos centrais no debate das novas tecnologias que formarão o futuro em torno da 5G e continuarão em crescimento vertiginoso.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site