Convergência Digital - Home

No Brasil, CIOs ainda temem perder poder com uso da nuvem

Convergência Digital
Ana Paula Lobo - 03/04/2012
Os CIOs brasileiros temem perder poder e status se adotarem computação na nuvem, o que é um equivoco, sustenta o vice-presidente do Gartner, Cassio Dreyfuss. Segundo ele, os gestores de Tecnologia precisam entender que o poder não está em concentrar a gestão de ativos, mas, sim, em usar a TI como ferramenta efetiva de negócios.

Durante a Conferência Gartner Data Center, que acontece na capital paulista, nesta terça-feira, 03/04, Dreyfuss deixou claro que computação na nuvem veio para ficar, mas destacou que os gestores brasileiros - que tinham forte interesse no conceito, hoje, freiam suas expectativas por medo de perder influência na gestão de TI e nos negócios.

"Infelizmente, os CIOS enxergam computação na nuvem como um problema, quando ela pode ser a solução e a possibilidade de eles se aproximarem mais do negócio-fim da empresa", lamenta Dreyfuss.

Com relação ainda à computação na nuvem, o vice-presidente administrativo do Gartner, Ray Paquet, informa que nos proximos cinco anos, a área de armazenamento de dados deverá registrar um crescimento de 800%, com um declínio contínuo dos servidores - em especial - os baseados em Unix, em função do impulso dos equipamentos Windows/Linux.

Com relação ao chamado Big Data, grande volume de informações, o Gartner sustenta que o volume total de dados aumentará 59% ao ano, sendo que de 70% a 85% serão não estruturados. Não à toa, o Business Intelligence volta a ser uma das grandes preocupações dos gestores de TI.

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email Addthis

Destaques
Destaques

Mercado de computação em nuvem foi de R$ 2,25 bilhões no Brasil

Estudo da ABES mostra que o segmento registrou uma expansão de 47,4% em 2016, tendo como base os dois principais serviços - Software como Serviço (SaaS) e PaaS (plataforma como Serviço). O segmento de análise de dados faturou US$ 809 milhões

Armazenamento em nuvem entra no top 5 dos serviços críticos ao mundo

Fica atrás apenas de energia, águas limpas, transportes públicos e telecomunicações. Internet das Coisas impulsiona essa criticidade ao dia a dia.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Empresas de TI ou organizações dependentes dela?

Por Paulo de Godoy*

Considerada parte do ‘guarda-chuva’ da Inteligência Artificial, a Machine Learning vem crescendo e ganhando força à medida que o volume de dados explode.

Criando uma arquitetura analítica para o futuro

Por Stephen Rigo*

O custo de não ter a arquitetura analítica adequada é alto, já que esse fator pode gerar problemas de incompatibilidade, governança, segurança, falta de acordos de nível de serviço, escalabilidade e problemas de extensibilidade.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site