TELECOM

Desoneração de redes implicará em renúncia fiscal de R$ 3,8 bilhões

Luís Osvaldo Grossmann ... 03/04/2012 ... Convergência Digital

O Ministério das Comunicações calcula em R$ 3,8 bilhões a renúncia fiscal a ser causada por novos investimentos em redes de telecomunicações até dezembro de 2016. Para o governo, as medidas farão com que as empresas antecipem investimentos, elevando em R$ 18 bilhões o que o setor aplicaria no período.

É por essa antecipação que foram mantidas algumas metas já anteriormente projetadas, como a ampliação da rede pública de fibras ópticas – a cargo da Telebras – ou o avanço da banda larga móvel. “A ideia é chegarmos a 60 milhões de acessos móveis, 3G e 4G, antes de 2014”, explica o diretor de indústria, ciência e tecnologia do Minicom, José Gontijo.

A partir da Medida Provisória que cria o regime tributário especial para as redes, o Minicom espera até o fim de abril concluir a regulamentação – já existe uma minuta pronta. É no regulamento que serão explicitadas as oito arquiteturas de redes contempladas – metropolitanas, backhaul, zona rural, etc.

Segundo Gontijo, a dinâmica para a obtenção dos benefícios fiscais será simples. Com a regulamentação, será disponibilizado um formulário para as empresas interessadas, onde devem explicar o projeto, prever quais os equipamentos nacionais serão utilizados e as contrapartidas – investimentos em áreas menos rentáveis.

A aprovação do Minicom se dará com base nessas informações. A partir daí, as empresas devem se habilitar junto ao Ministério da Fazenda para usufruir das isenções fiscais – PIS, Cofins e IPI. É quando as isenções passam a valer, ainda que o projeto beneficiado só seja iniciado posteriormente.

“Haverá um prazo de até meados de 2013 para que os projetos sejam submetidos”, disse Gontijo. Isso porque a expectativa é que as obras estejam concluídas até o fim de 2016, quando também termina a validade dos benefícios fiscais.


Internet Móvel 3G 4G
4G tem crescimento recorde em março

Segundo a Telebrasil, que representa as operadoras, os 4,7 milhões de acessos representam o melhor desempenho mensal desde que a tecnologia começou a ser ofertada, em 2013.

Prestadoras de serviços de telecom investiram R$ 28 bilhões no Brasil

Receita bruta, no entanto, caiu 5% e ficou em R$ 226 bilhões. Aportes maiores foram em expansão de infraestrutura.

Disputa da TV paga com SBT, Rede TV! e SBT gera mais de 1000 reclamações à Anatel em três dias

Agência informa ainda que, em março, todos os serviços apresentaram redução nas reclamações dos usuários. NET e TIM foram as únicas que registraram aumento nas reclamações.

Usuários dos serviços de telefonia, internet e TV paga pagaram R$ 64 bilhões em impostos em 2016

Total arrecadado diretamente do cidadão e transferido aos cofres públicos representa metade da receita líquida. O FUST arrecadou R$ 1,4 bilhão. O ICMS arrecadou R$ 34 bilhões.

Anatel: Bloqueador de celular restringe acesso à Internet e apps nos presídios

Gerente de Regulamentação da agência reguladora, Nilo Pasquali, diz, no entanto, que ação requer configuração técnica. Anatel recomenda o aluguel dos bloqueadores e teles dizem não ter interesse em construir infraestrutura para sistemas prisionais.

Oi: Não há indícios que coloquem em risco o serviço prestado ao assinante

Com o governo definindo uma MP e com um grupo de credores pressionando, a Oi reafirma que 'as atividades estão sendo normalmente desempenhadas". Mas pede acordo rápido entre acionistas e credores.

Só a Vivo manterá sinal da Record, SBT e RedeTV! em São Paulo

Sem acordo, Net, Sky, Claro e Oi não oferecerão as três redes para seus assinantes as partir das 23h59, quando ocorrerá o apagão analógico.


Veja a revista do 60º Painel Telebrasil 2016
Revista do 60º Painel Telebrasil 2016
O Brasil enfrenta uma de suas mais graves crises, e as telecomunicações em banda larga são essenciais para a retomada do desenvolvimento sustentável, com inclusão social, na moderna sociedade da informação e do conhecimento. Este foi o mote dos debates durante o 60º Painel Telebrasil, realizado nos dias 22 e 23 de novembro, em Brasília.

  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G