NEGÓCIOS

Guerra do ICMS: Estados não cedem e governo adia votação

Convergência Digital ... 04/04/2012 ... Convergência Digital

O projeto que unifica o ICMS interestadual foi retirado da pauta da Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Ele seria votado nesta quinta-feira, 04/04, mas não houve acordo na reunião realizada entre governo e Estados. A Fazenda propõe uma alíquota de 4% nacional para encerrar a guerra fiscal, mas os Estados resistem, como é o caso do Rio de Janeiro, que se mostrou 100% favorável ao embate, conforme matéria publicada no Convergência Digital (http://convergenciadigital.uol.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=29891&sid=5).

A decisão de retirar o projeto da pauta da Comissão do Senado foi tomada pela ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e pelo presidente da CCJ, senador Eduardo Braga (PMDB-AM). Eles disseram que não foi possível chegar a um consenso em torno do assunto, depois de mais de duas horas de reunião, realizada na noite desta terça-feira, 03/04.

Atualmente, nas transações interestaduais o ICMS recolhido é dividido entre o estado de origem da mercadoria e o de destino. A regra também atinge os produtos importados. Nesse caso, o estado de origem é aquele por onde o bem entrou.Em função disso, alguns estados passaram a diminuir a alíquota do ICMS para produtos importados com o objetivo de atrair empresas que se beneficiam dessa medida. Os estados de Goiás, do Espírito Santo e de Santa Catarina estão entre os que reduziram a alíquota para produtos importados. A unificação do ICMS interestadual eliminaria esse dispositivo, mas provocaria perdas para os estados de origem.
 

 


Cloud Computing
RNP vira broker de nuvem e busca parcerias com empresas privadas

Plano de negócios da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa prevê atuação como um orquestrador de diferentes fornecedores para a oferta de serviços cloud às universidades. Instituição está atualizando a infraestrutura de rede e fecha acordo com distribuidoras de energia.

Cobertura Especial do 2º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2017

Telebras desbanca teles e assume rede da Dataprev por R$ 292 milhões

Estatal assume rede que interliga 1,7 mil agências do INSS e data centers no lugar da Embratel, Telefônica, Oi e British Telecom.



Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do evento

Porto Alegre se frustra com arrecadação de imposto sobre streaming

Capital gaúcha foi a primeira do país a instituir a alíquota de 2% do ISS (Imposto sobre Serviço) em março deste ano. Mas Fazenda municipal admite: dinheiro que entrou nos cofres públicos foi abaixo do esperado.

Governo Trump bloqueia venda de fabricante de chips para fundo chinês

Venda da Lattice Seiconductor por US$ 1,3 bilhão, anunciada há 10 meses, foi vetada pelos Estados Unidos. 

Alemanha proíbe Microsoft de atualizar Windows sem autorização do usuário

Empresa enviava para usuários do Windows 7 e 8.1 arquivos variando entre 6GB a 8GB para forçar a atualização para o Windows 10. Em comunicado, a Microsoft diz que vai parar de usar essa modalidade no país.

Internet das Coisas cresce quase três dígitos e impulsiona o software

Estudo da Associação Brasileira das Empresas de Software revela que o mercado brasileiro de software e serviços no país ficou em R$ 57 bilhões em 2016, o que coloca o país em 9º lugar no ranking mundial. Brasil possui 15.707 empresas, sendo que 95% delas são consideradas de micro e pequeno porte.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G