Convergência Digital - Home

British American Tobacco migra data centers para a nuvem

Convergência Digital
Da redação - 05/04/2012

A T-Systems acaba de assinar um dos maiores contratos de sua história envolvendo computação em nuvem. O acordo de sete anos com a British American Tobacco (BAT) está avaliado em mais de 160 milhões de euros e inclui a participação da subsidiária brasileira na atuação do cliente na América do Sul.

Com mais de 200 marcas em seu portfólio, vendidas em cerca de 180 mercados em todo o mundo, a BAT possui 45 fábricas de cigarros e emprega mais de 60 mil pessoas. Como resultado do novo contrato, a companhia passará a adquirir grande parte de seus recursos de TI com base na sua necessidade real de utilização, aumentando assim a flexibilidade no local de trabalho e reduzindo seus custos.

Como parte do acordo, a T-Systems consolidará os atuais 10 data centers internacionais da BAT em três data centers globais – na Europa, Ásia e América do Sul. Além disso, no período de dois anos, migrará seu sistema de gestão empresarial para a nuvem para que os serviços SAP que fornece espelhem exatamente as demandas cíclicas do cliente e reflitam seu uso real nos custos finais. Isso dará à BAT uma vantagem competitiva em um segmento de negócios altamente dinâmico.

Os sistemas SAP são utilizados para conduzir os negócios mundiais da BAT, que está investindo em um programa de consolidação para 2016, quando planeja atender 65 mercados globais a partir de uma única instância das aplicações SAP. 

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email Addthis


Bradesco, Dataprev e Equinix são destaque em datacenter no Brasil
Organizações foram as vitoriosas da edição 2017 do DCD Awards da América Latina. Conheça os destaques da região no segmento de datacenters.
3ª Semana da Inovação 2017
Investimentos mundiais em nuvens públicas vão chegar a US$ 266 bilhões em 2021

No Brasil, o mercado de computação cresce cerca de 50% e já representa R$ 2,25 bilhões.


Destaques
Destaques

Dataprev e Serpro vão prestar serviço pela nuvem pública

Objetivo é atender de forma unificada demandas distintas dos órgãos públicos. Empresas vão integrar orquestradores e planejam contratar serviços da Amazon, Google e Azure.

Mercado de computação em nuvem foi de R$ 2,25 bilhões no Brasil

Estudo da ABES mostra que o segmento registrou uma expansão de 47,4% em 2016, tendo como base os dois principais serviços - Software como Serviço (SaaS) e PaaS (plataforma como Serviço). O segmento de análise de dados faturou US$ 809 milhões



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Empresas de TI ou organizações dependentes dela?

Por Paulo de Godoy*

Considerada parte do ‘guarda-chuva’ da Inteligência Artificial, a Machine Learning vem crescendo e ganhando força à medida que o volume de dados explode.

Criando uma arquitetura analítica para o futuro

Por Stephen Rigo*

O custo de não ter a arquitetura analítica adequada é alto, já que esse fator pode gerar problemas de incompatibilidade, governança, segurança, falta de acordos de nível de serviço, escalabilidade e problemas de extensibilidade.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site