Convergência Digital - Home

Siemens Enterprise e Go2neXt se unem por colaboração na nuvem

Convergência Digital
Fabio Barros - 10/04/2012

A Siemens Enterprise Communications e a Go2neXt, anunciaram nesta terça-feira, 10, a conclusão de uma parceria estratégica. A combinação da tecnologia Siemens Enterprise Communications com os serviços de “cloud angel” da Go2neXt levarão para o mercado uma solução de colaboração em nuvem. A parceria conta ainda com os serviços de telecomunicações da TESA para ofertas para condomínios empresariais.

Há pelo menos quatro anos, a Siemens Enterprise Communications, que desenvolveu o sistema OpenScape de comunicações unificadas, trabalha com o modelo CaaS (comunicação como serviço) oferecendo colaboração em nuvem. “Anunciamos recentemente na CeBIT a nova versão do OpenScape UC Server que eleva a escalabilidade a 500 mil usuários em um único sistema, além de oferecer novas facilidades de integração. Nossa arquitetura aberta permite o uso de qualquer dispositivo móvel, além da integração a sistemas ERPs e CRMs e redes sociais” explica José Furst, vice-presidente de marketing e soluções da Siemens Enterprise Communications para a América Latina.

O lançamento de novos modelos de negócios em parceria com integradores de soluções na nuvem marca o início de uma nova fase para a oferta de CaaS da Siemens Enterprise Communications no Brasil. “Com a parceira com a Go2neXt estamos inaugurando uma nova fase em nossa estratégia de cloud. Estamos seguros que a nossa tecnologia OpenScape encaixa-se perfeitamente na solução completa de computação em nuvem oferecida pela Go2neXt. Acreditamos que essa oferta integrada é o modelo que irá prevalecer no futuro pois é assim que os clientes preferem comprar soluções em tecnologia”, completa Furst.

Ainda sobre a nova fase, o executivo lembrou que ela marca o início de parcerias com provedores de produtos e serviços em nuvem. “A Siemens tem parcerias com distribuidores e revendas e agora inauguramos a fase de parcerias em nuvem”, disse. Furst lembrou que não há exclusividade na parceria anunciada, mas que também não há muitos parceiros no mercado com as características da Go2NeXt.

A Go2neXt, por seu lado, será a consultoria responsável por customizar, implementar, desenhar e gerenciar a solução de CaaS, além de disseminar cultura. “Há um alinhamento de visão entre a Go2neXt e a Siemens Enterprise Communications”, diz Paulo Pichini, CEO da Go2neXt. “Os dois times veem a oferta de uma solução completa de computação em nuvem como algo que alavanca os processos e os negócios das empresas usuárias, e não como mera substituição do ambiente de voz tradicional e da infraestrutura de ICT”. 

Segundo Pichini, o objetivo final das ofertas lançadas pela Siemens Enterprise Communications e pela Go2neXt é promover o aumento da eficiência e da produtividade dos usuários. “Trata-se de uma visão totalmente baseada em colaboração, computação em nuvem e consumerização da TI. Vamos criar um ambiente em que o usuário conseguirá, independentemente de sua posição geográfica ou do tipo de dispositivo de acesso que utiliza, ter acesso pleno e seguro às aplicações missão crítica da empresa”, diz Pichini.

Pichini e Furst ressaltam que a parceria chega ao mercado já com um case em andamento, com a TESA Telecom, que oferecerá as soluções de comunicação para condomínios comerciais. “A partir de agora, estamos integrando a tecnologia e os serviços providos pela Siemens Enterprise Communications e pela Go2neXt ao sistema TESA Cloud Building”, afirma Roberto Miranda, presidente da companhia.

O objetivo é agregar produtos e serviços de telecom ainda na fase de construção dos empreendimentos comerciais. Com isso, as construtoras passam a oferecer ao mercado espaços prontos para serem ocupados. Neste quadro, a infraestrutura de telecomunicações é vista como uma ferramenta colaborativa para o desenvolvimento das empresas que ocupam o condomínio. “Implantado em dezenas de prédios de São Paulo, o produto TESA Cloud Building agregava, até agora, todos os serviços relacionados à telefonia fixa, IP, 0800 IP, ramal virtual, softphone, collocation e completo acesso à internet, entre outros”, detalha Miranda.

Isso era feito da forma tradicional, on-premise. “Ao contratar os serviços da parceria Siemens Enterprise Communications/Go2neXt, nosso objetivo é otimizar o data center e a infraestrutura de telecom que já possuímos, ganhando velocidade e escalabilidade na oferta de serviços de comunicação e colaboração para as empresas que ocuparem os edifícios automatizados por nós”, conclui.

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email Addthis


Bradesco, Dataprev e Equinix são destaque em datacenter no Brasil
Organizações foram as vitoriosas da edição 2017 do DCD Awards da América Latina. Conheça os destaques da região no segmento de datacenters.
3ª Semana da Inovação 2017
Investimentos mundiais em nuvens públicas vão chegar a US$ 266 bilhões em 2021

No Brasil, o mercado de computação cresce cerca de 50% e já representa R$ 2,25 bilhões.


Destaques
Destaques

Dataprev e Serpro vão prestar serviço pela nuvem pública

Objetivo é atender de forma unificada demandas distintas dos órgãos públicos. Empresas vão integrar orquestradores e planejam contratar serviços da Amazon, Google e Azure.

Mercado de computação em nuvem foi de R$ 2,25 bilhões no Brasil

Estudo da ABES mostra que o segmento registrou uma expansão de 47,4% em 2016, tendo como base os dois principais serviços - Software como Serviço (SaaS) e PaaS (plataforma como Serviço). O segmento de análise de dados faturou US$ 809 milhões



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Empresas de TI ou organizações dependentes dela?

Por Paulo de Godoy*

Considerada parte do ‘guarda-chuva’ da Inteligência Artificial, a Machine Learning vem crescendo e ganhando força à medida que o volume de dados explode.

Criando uma arquitetura analítica para o futuro

Por Stephen Rigo*

O custo de não ter a arquitetura analítica adequada é alto, já que esse fator pode gerar problemas de incompatibilidade, governança, segurança, falta de acordos de nível de serviço, escalabilidade e problemas de extensibilidade.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site