GESTÃO

Ceitec, estatal de semicondutores, abre concurso público

Da redação ... 13/04/2012 ... Convergência Digital

A Ceitec S.A abriu nesta segunda-feira, 09/04, concurso público, com abrangência nacional, para provimento de 188 vagas e formação de cadastro reserva. Das vagas para contratação imediata, 42 são para nível médio/técnico e 146 para nível superior, com salários que vão de R$ 2.000,00 a R$ 13.795,31.

O concurso terá validade de um ano, podendo ser prorrogado por mais um. As inscrições, que ocorrem até o dia 11 de maio, deverão ser realizadas exclusivamente pela internet, no site da organizadora, a FUNRIO (www.funrio.org.br). O concurso é composto por quatro etapas:
• Prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, para os candidatos de todos os cargos;
• Prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, para os candidatos aos cargos de Especialista em Tecnologia Eletrônica Avançada e Analista Administrativo e Operacional;
• Avaliação de títulos, de caráter classificatório, para candidatos de todos os cargos;
• Defesa de memorial, de caráter eliminatório e classificatório, para os candidatos ao cargo de Especialista em Tecnologia Eletrônica Avançada.

Os candidatos admitidos assinarão contrato individual de trabalho com a CEITEC S.A, o qual será regido pelas normas da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). A empresa oferece plano de saúde extensivo aos dependentes diretos (filhos e cônjuge ou companheiro/a), refeitório no local de trabalho e vale transporte.


Amizade no Facebook não desqualifica testemunha em ação trabalhista

Para o TRT de Minas Gerais, se vínculo em redes sociais caracterizasse suspeição não restariam testemunhas em processos trabalhistas. 

TVs de tubo e PCs de mesa viram sucata eletroeletrônica

TV digital aumentou o descarte das TVs analógicas em São Paulo. Impressoras e monitores também estão no top 5 da lista dos eletroeletrônicos jogados fora.

eSocial: empresas de TI precisam contratar seguro de responsabilidade civil

O conselho é do consultor tributarista e empresarial Lucas Ribeiro. Segundo ele, é necessário prevenir-se contra os possíveis erros do sistema do novo regime da Receita.

Banda larga não pode ser vista como custo nas prefeituras

A afirmação é do presidente da Associação dos Municípios do Paraná, Marcel Micheletto. "As prefeituras podem ser protagonistas, mas temos que ter atitude e investir em TIC", reforça.

No Governo, apenas 32% dos serviços foram 100% digitalizados

Levantamento feito pelo Ministério do Planejamento aponta que  ainda há muito por fazer no pais, uma vez que 39% dos serviços estão parcialmente digitalizados e 29% não estão disponíveis para acesso online em nenhuma das etapas.



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G