GESTÃO

Dataprev mantém demissões e gera crise com sindicatos

Luiz Queiroz ... 17/04/2012 ... Convergência Digital

O presidente da Dataprev, Rodrigo Assumpção, afirmou na audiência realizada nesta terça-feira,17/4, no Ministério Público do Trabalho (MPT), que não vai suspender os efeitos das 42 demissões imotivadas que pegaram de surpresa os trabalhadores da empresa, em todo o Brasil.

A Fenadados e os sindicalistas presentes decidiram criar uma comissão de trabalhadores da empresa e foram até à Secretaria-Adjunta do Ministério da Previdência, para protocolar um documento no qual fazem críticas ao processo e contra a decisão da direção da Dataprev.

Durante a audiência os sindicalistas manifestaram revolta contra a postura adotada pela diretoria da empresa.  "A forma como a Dataprev vem conduzindo todo esse processo é um total desrespeito ao trabalhador", afirma o diretor de Relações Sindicais do SINDPD-DF, Eudes Rodrigues da Silva, que juntamente com o diretor Paulo Roberto Ramos, acompanhou a audiência.

A Fenadados demonstrou que ao longo dos últimos cinco anos a Dataprev vem promovendo uma série de demissões imotivadas e, que agora, parece que o processo vai se acentuar. A empresa negou que esteja promovendo demissões em massa e ferindo o Acordo Coletivo do Trabalho (ACT).  A Fenadados insiste que as demissões são em massa e, muitas vezes, motivadas por perseguições políticas e pessoais. A empresa afirma que as demissões foram motivadas pela reestruturação e os planos de ação desenvolvidos desde 2009.

A procuradora do Trabalho, Dinamar Cely Hoffmann, solicitou mais documentos à empresa e vai aguardar a manifestação da Fenadados.  Em conversa informal com os sindicalistas, a procuradora afirmou que o caso é muito difícil. Hofmann solicitou que a federação faça sua manifestação com informações que demonstrem o desrespeito da empresa ao Acordo Coletivo de Trabalho. Também orientou aos sindicatos que promovam ações judiciais em defesa dos trabalhadores.  

Segundo o presidente da Fenadados, Carlos Albereto Valadares - Gandola, todos os sindicatos foram orientados a não homologarem novas demissões que estejam ocorrendo na Dataprev, assim como já vinha sendo feito no caso dos 42 que já foram demitidos. "Até que se resolva o impasse a direção da Dataprev terá de homologar qualquer demissão diretamente nas Delegacias Regionais do Trabalho", informou Gandola.


Carreira
Sem acordo entre patrões e empregados de TI em São Paulo

De acordo com os trabalhadores, os patrões querem propor dissídio coletivo de natureza econômica, mas só podem estabelecer dissídio de greve, o que não se apresenta na negociação. O TRT não agendou uma nova audiência entre as partes.

EFD-Reinf é obrigatória para empresas com faturamento superior a R$ 78 milhões

Receita Federal ressalta que todos os contribuintes obrigados ao eSocial a partir de janeiro/2018 também estão obrigados à EFD-Reinf.

Anatel reduz orçamento para 2019

Segundo o presidente da agência, Juarez Quadros, valor proposto para custeio ficou abaixo dos R$ 200 milhões. Em 2018, sem contar despesas de pessoal, orçamento foi de R$ 205 milhões.

SAP e Oracle não decolam nas médias empresas. TOTVS não avança nas grandes

Inteligência analítica - resultado das aplicações de BI e de BA - é responsável por boa parte do lucro dos principais fabricantes de software no Brasil. Em ERP, Totvs, SAP e Oracle dominam o mercado com 81%. Em IA, IBM e Microsoft aparecem no top 5, mas bem atrás das rivais.

Linux segue 'engolido' pelo Windows. Cobol sustenta mercado entre programadores

Open source estagnou em 16% nos sistemas operacionais de servidores e o Windows cresceu para 75%. Nas linguagens de programação, o VB.Net é líder e aparece bem à frente da Java. Em banco de dados, a Microsoft 'surra' a Oracle nos usuários finais, mas rival vira o jogo nas empresas.

EFD-Reinf: entenda os prazos de entrega e os impactos nos ERPs

O envio das informações ao Reinf é de cunho obrigatório e deve ser feito por empresas jurídicas, mesmo imunes e isentas, que sejam responsáveis pela retenção de impostos.



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G