INOVAÇÃO

HT Micron, joint-venture em semicondutores, ganha benefícios do Padis

Luís Osvaldo Grossmann ... 18/04/2012 ... Convergência Digital
A parceria brasileira e coreana em semicondutores, a empresa gaúcha HT Micron, foi habilitada a usufruir dos benefícios fiscais do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Indústria de Semicondutores – PADIS. A portaria interministerial foi publicada nesta quarta-feira, 18/4, no Diário Oficial da União.

A empresa começou o encapsulamento de circuitos integrados para celulares no ano passado e antecipou para junho deste ano a produção de chips de memória DDR, para notebooks e PCs. O investimento é estimado em US$ 250 milhões.

A habilitação ao Padis garante isenção de PIS/Cofins, Imposto de Importação e IPI (para insumos, importados ou não) até 2022. Também são zeradas as alíquotas da Cide-Inovação e de Imposto de Renda até 2024.

Em contrapartida, os beneficários do programa devem investir 5% do faturamento bruto anual em pesquisas, sendo no mínimo 1% destinado a convênios com institutos brasileiros. Além disso, as patentes decorrentes devem ser nacionais.

Adicionalmente, no caso da HT Micron, o Rio Grande do Sul ampliou os benefícios à indústria de semicondutores, garantindo isenção de ICMS para as empresas do setor.

TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Anac regulamenta uso de drones no Brasil

Agência separou os aparelhos em classes, a depender do peso: até 25 kg, 25 a 150 kg e acima de 150 kg, com diferentes exigências de registro e habilitação. Idade mínima para pilotar qualquer um é 18 anos. 

CESAR abre inscrições para atrair startups

Iniciativa é voltada para startups de setores como saúde, serviços financeiros, água, energia sustentáveis, entre outras.

Finep e Fapesp aprovam projetos de R$ 65 milhões para inovação

Dos selecionados, 87 projetos são de pequenas empresas e 10 são direcionados ao desenvolvimento de tecnologias para cidades inteligentes.

Blockchain tem potencial para 'desbloquear' a inovação e tornar o Brasil mais transparente

Em entrevista exclusiva à CDTV, Michael J.Casey, consultor-sênior do MIT Media Lab, assegura que a plataforma é a ideal para evitar silos e permitir conexões entre grupos distintos.
 

Mais que tecnologia, blockchain é um modelo de negócios

Especialistas advertem: empresas erram ao condicionarem investimentos aos protótipos funcionais.



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G