TELECOM

Teles estão entre os maiores financiamentos do BNDES entre 2009 e 2012

Luís Osvaldo Grossmann ... 11/03/2013 ... Convergência Digital

As empresas de telecomunicações aparecem na lista dos maiores financiamentos do BNDES entre 2009 e 2012, segundo relatório gerencial dos recursos do Tesouro Nacional divulgado pelo banco de fomento. As teles também figuram entre os principais aportes realizados no último trimestre do ano passado.

O relatório não indica, no entanto, valores individualizados por empresa. No agregado, operadoras de telecomunicações receberam do BNDES empréstimos que totalizaram R$ 10,41 bilhões – o equivalente a 3,2% do total de financiamentos do banco no período.

O percentual é pequeno comparado com os principais “fregueses” do banco – os setores automobilístico e de petróleo & gás – mas vale lembrar que, de acordo com o relatório, os valores relacionados a telecom foram dirigidos a um número pequeno de empresas.

Apesar de não apresentar os valores separadamente, as teles aparecem na lista dos “maiores projetos” no período de janeiro de 2009 a dezembro de 2012. Dessa relação constam 21 operações, sendo sete delas de operadoras de telecomunicações.

Das sete maiores operações do período relacionadas à telecom, quatro tratam de recursos para o grupo Oi. As demais foram direcionadas à TIM, Vivo e GVT. Em todos os casos, os aportes se deram com base nos planos de investimentos das empresas.

Oi e TIM também aparecem na relação dos sete maiores projetos listados pelo BNDES referentes a operações realizadas no quarto trimestre do ano passado. No caso da TIM, o BNDES inclui operações relacionadas à Intelig, comprada pelo grupo em 2009.

Ainda pelos números apresentados pelo banco de fomento, percebe-se que o setor de telecomunicações apresenta ritmo crescente na procura por recursos do BNDES. Foram R$ 2,1 bilhões em 2010, R$ 3,1 bilhões em 2011 (alta de 47,7% sobre o ano anterior) e R$ 4,8 bilhões em 2012 (+55,6% sobre 2011).


Em 10 dias, operadoras bloqueiam 1 em cada 344 celulares

Sistema que desabilita aparelhos sem identificação internacional IMEI bloqueou até aqui 37 mil celulares no Distrito Federal e em Goiás, menos de 0,3% do total.

Claro e TIM saem na frente na disputa por R$ 340 milhões em ativos da Cemig Telecom

Empresa promete ter o edital de venda pronto até o final de maio. É uma rara oportunidade para a aquisição de ativos de rede no País.

Operadoras começam a bloquear celulares piratas

Nesta terça-feira, 8/5, os telefones móveis sem IMEI válido habilitados a partir de 22/3 recebem as mensagens de que deixarão de funcionar na quarta-feira, 9/5. Os celulares comprados no exterior, desde que certificados na Anatel, vão continuar funcionando, avisa a agência reguladora.

Anatel volta a negar corte no preço na TV paga por exclusão dos canais Simba

Para agência, saída dos canais da Record, SBT e RedeTV! das grades de empresas de televisão por assinatura não é motivo para intervenção nos valores.

EUA e Brasil lideram fuga de assinantes na TV paga

Estudo com 14 países aponta, no entanto, que em oito deles as empresas estão conseguindo aumentar as receitas apesar da redução na base. O Brasil é um deles.

Telebras nomeia Roberto Pinto Martins para a diretoria

Martins, que já foi da Anatel e dos ministérios de Ciência e Tecnologia e das Comunicações, assume a diretoria técnico operacional.


Veja a revista do 61º Painel Telebrasil 2017
Revista do 61º Painel Telebrasil 2017
A edição de 2017 do Painel Telebrasil enfatizou a necessidade de atualização do modelo de telecomunicações e a definição de uma agenda digital para o País.

Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G