Convergência Digital - Home
Network Eventos
Veja mais informações do Fórum TIC Brasil

TCU vai intensificar fiscalização de TI

Convergência Digital - Cobertura Especial Fórum TIC Brasil
Luís Osvaldo Grossmann - 21/03/2013

O Tribunal de Contas da União promete maior rigor nas fiscalizações de tecnologia da informação. A Secretaria Geral de Controle Externo foi reestruturada e os auditores reunidos por áreas temáticas, com o objetivo de dar ainda maior especialização às unidades técnicas. 

“O TCU vai apertar muito a fiscalização”, garante o auditor Claudio Cruz, que participou do Fórum TIC Brasil, promovido pelo portal Convergência Digital e a Network Eventos. 

Ele explica que o tribunal dividiu a área de controle externo em quatro segmentos: social, para temas como educação e saúde; infraestrutura, notadamente as obras; desenvolvimento; e serviços essenciais do Estado. “Essa última é onde estamos”, explica o auditor acostumado a acompanhar o setor de TI. 

Uma das mudanças importantes pela qual já passou o TCU, diz Cruz, foi ampliar a fiscalização para a alta administração. “Cansados de ver repetição de problemas, inauguramos uma nova fase para atuar na governança. Não adianta ficar só no ‘chão da fábrica’ e o TCU passou a atuar no extrato superior da administração pública”. 

O auditor acredita que “hoje compra-se TI melhor do que no passado” e que essa seria uma percepção do próprio mercado fornecedor. E destaca que a velocidade é um dos itens importantes nas licitações, mas é complexo combiná-la com bons editais. 

“A velocidade das licitações é fundamental, quanto mais rápidas, melhores resultados aos cidadãos. A dificuldade é como fazer edital de altíssima qualidade para ter competição no preço”, avalia. 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

25/09/2018
Sem autoridade de proteção de dados, Brasil fica no pior dos mundos

25/09/2018
Brasil ainda é uma startup na transformação digital

24/09/2018
Demi Getschko: Internet exige valores para não virar Frankenstein

24/09/2018
Tadao Takahashi: O Brasil abandonou a sua vocação para produzir TICs

24/09/2018
BNDES volta a financiar software e serviços de TI com BNDES 10

24/09/2018
FINEP vai conceder crédito para empresas comprarem software e serviços

24/09/2018
Governo sozinho não faz a transformação digital no Brasil

19/09/2018
Dois meses depois, TCU evita mérito do Gesac e libera satélite só em Roraima

05/09/2018
TCU vê sinais de sobrepreço de R$ 6 bilhões em prontuário eletrônico

29/08/2018
TCU: Multas da Anatel na recuperação da Oi é precedente ilegal

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Convergência Digital e a Network Eventos disponibilizam a 1ª edição da revista eletrônica do Fórum TIC Brasil.

Clique e boa leitura!
Destaques
Destaques

USP contabiliza os ganhos do uso da computação na nuvem

Instituição é a primeira a utilizar de forma intensiva as aplicações baseadas em cloud, contratada junto à Citrix. Para o gerente de infraestrutura de TI da USP, Cyrano Rizzo, que participou do Forum TIC Brasil 2013, um dos pontos-chaves para a adoção de cloud é definir a orquestração.

TV digital: indústria brasileira está 'perdendo o bonde'

Para André Barbosa, um dos responsáveis pela implantação do SBTVD, o padrão nipo-brasileiro de TV Digital e superintendente de Comunicação da EBC, a indústria já perdeu vez para fornecer equipamentos para os países latino-americanos. Mas agora tem a chance de virar o jogo com o uso do padrão na África.

Para a AMD, smartphone conduz o acesso à nuvem

Para o vice presidente corporativo da  AMD, Andrew Feldman, o acesso à nuvem já chegou às mãos de um bilhão de pessoas. “Um processador de 9 dólares no telefone dá acesso ao mundo”, avaliou ele ao participar do Fórum TIC Brasil. 

Olivetti retorna ao Brasil com fabricação de tablets e modems 3G/4G

Empresa italiana retoma seus planos de produção fabril apostando na mobilidade. Os tablets para varejo, manufaturados na Microboard, em Minas Gerais, chegam ao mercado em maio. Os dispositivos corporativos serão lançados no segundo semestre.

Brasil vai ganhar R$ 90 bilhões se virar hub da nuvem na AL

Estimativa é da Brasscom, que destaca o peso do país (58%) no mercado latino-americano de datacenters, mas lamenta a ausência de políticas unificadas e de longo prazo para atrair investimentos no setor. Para entidade, deveriam ser criadas ‘zonas francas’ que favoreçam a instalação dos centros de dados. 

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site