Home - Convergência Digital

Homens terão que reprogramar pensamento para competir com robôs

Convergência Digital
Suzana Liskauskas - 15/05/2013

Apesar de se apresentar como uma espécie de cientista e empreendedor da era digital, o italiano Frederico Pistono, autor do livro “Robots will steal your job” , traduzido para “Robôs vão roubar seu emprego”,  encerrou sua palestra na BITS 2013, que acontece em Porto Alegre, afirmando que não é possível dizer como será o futuro, nem mesmo para ele. Mas deu uma pista. Disse que certamente estamos muito próximo do dia em que os robôs poderão simular totalmente o cérebro humano. “Em dez anos, os processos automatizados serão capazes de simular em tempo real um cérebro humano completo”, afirmou Pistono.

Para Pistono, é preciso que os cérebros ainda comandados pelos humanos mudem sua programação e pensem com os três Ds: digitalização, democratização e distribuição. Foi assim que ele disseminou rapidamente seu livro, “Robôs vão roubar seu emprego”.  Além da mudança de cultura, as gerações precisam se conscientizar de que a educação é chave para o futuro.

 “Não paramos de aprender aos 20 anos, continuamos a aprender, cada vez mais , aos  40, 50, 60 ...A educação é crucial”, sentenciou o jovem cientista, que apresentou seu novo projeto, Esplori (esplori.net). Trata-se de uma plataforma para compartilhar conhecimento. “Temos muitos cursos de qualidade hoje disponíveis na rede, mas a grande maioria está em inglês, e  73% da população mundial não fala uma palavra de inglês.  Por isso estou desenvolvendo um serviço de compartilhamento de conhecimento em que pessoas de todo o mundo possam ter acesso a um conteúdo cada vez maior, sem que enfrentem barreiras de idioma, localização geográfica e questões financeiras”,  detalhou Pistono, que ainda está estudando o modelo que tornará o projeto economicamente viável.

Segundo o cientista - que tem apenas 26 anos - a automação está forçando a população em todo o Planeta a mudar sua forma de pensar e agir. Os robôs, como nos filmes de ficção científica da década de 60, estão por toda parte,  dominando completamente processos que antes eram desempenhados por humanos.  Pistono  citou como exemplo uma plantação de vegetais hidropônicos na Holanda.

“Os robôs funcionam sete dias por semana, 24 horas, e desempenham perfeitamente todos os procedimentos, como plantar, cultivar e colher. Eles colhem com perfeição até morangos, que são super frágeis. Os robôs também melhoram os processo de retirada do leite das vacas, evitando danos físicos ao animal e aprimorando os processos de higiene”, comentou.

A automação modificou também o valor das companhias tradicionais. Ele citou como exemplo a desvalorização da Kodak que, ainda na década de 70, conseguiu desenvolver tecnologia para câmera digital, em contraponto com a cotação da Instagram, comprada por U$ 1 bilhãos pelo Facebook. “As empresas estão percebendo que os processos de automação são irreversíveis e estão se reinventando, um bom exemplo desta mudança é a Canon, que aderiu aos robôs em seu processo produtivo”.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

04/10/2018
Finep tem R$ 500 milhões para projetos de inovação em universidades privadas

27/09/2018
Governo vai usar R$ 1 bilhão da Finep em saneamento, mobilidade e energia

14/09/2018
Brasil falha na capacitação de mão de obra para indústria 4.0

12/09/2018
Realidade Virtual para arquitetos e designers chega com exclusividade em Brasília

04/09/2018
Wayra, da Telefônica, e Liga Ventures vão acelerar o programa BNDES Garagem

30/08/2018
Hackathon de aplicações voltadas à indústria 4.0 têm prêmios de até R$ 6 mil

27/08/2018
MCTIC terá bônus tecnológico de R$ 2 milhões para inovação nas PMEs

10/08/2018
Prefeitura de São Paulo lança prêmio para fomento à inovação

06/08/2018
Empreendedorismo brasileiro não pode ficar refém de 'sabores políticos'

24/07/2018
Brasil tem 117 startups de Tecnologia da Informação

Destaques
Destaques

CIO Project: segmentação é o próximo passo

Iniciativa, realizada pela primeira vez na BITS 2013, permitiu uma interação entre gestores de TI e fornecedores de serviços.

Porto Alegre terá Lei de Incentivo à Inovação

Prefeito em excercício de Porto Alegre abre oficialmente a terceira edição da BITS com anúncio de Lei e fundo para incentivo fiscal a projetos invoadores. Constantino Bäumle, CEO da BITS, confirma a quarta edição do evento em 2014.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site

Facebook Twitter Linkedin Google+ YouTube BITS 2013