SEGURANÇA

Hackers atacam sites oficiais do Rio de Janeiro

Da redação ... 23/01/2014 ... Convergência Digital

Os perfis oficiais das Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) e da Secretaria de Segurança do Rio de Janeiro no Twitter foram invadidos por hackers nesta quinta-feira, 23/01. Nos ataques, o grupo, que afirma ser parte do Anonymous, tuitou mensagens que relacionaram as UPPs com o Destacamento de Operações de Informações-Centro de Defesa Interna (Doi-Codi) na época da ditadura militar, além de anunciarem um ato contra a realização da Copa do Mundo no Brasil.

"Moradores queimados, choques elétricos, asfixia, mulheres obrigadas a ficar nuas... UPP ou DOI - CODI? #ForaCabral e cia..", escreveu o grupo no Twitter da UPP. "E só pra lembrar... #naovaitercopa!", publicou em outra mensagem. No perfil da Secretaria de Segurança, os hackers postaram uma imagem anunciando o "1º ato nacional em repúdio à Copa do Mundo", marcado para o dia 25 de janeiro no hotel Copacabana Palace. A assessoria de imprensa das UPPs confirmou a invasão.

Na semana passada, ataques já tinham acontecido em função dos problemas de segurança no Maranhão. Segundo o portal R7, o Anonymous desconfigurou 15 sites de prefeituras de cidades do Estado de São Paulo como parte da operação contra a Copa de 2014, a #OpBoicoteaCopa, onde os hackers usam a técnica de defacement (uma espécie de pichação virtual em páginas) para publicar mensagens contra o evento organizado pela Fifa.

Os hackers, aponta a reportagem, teriam  invadido oito páginas de prefeituras de cidades do Estado do Maranhão e Rio Grande do Sul. No entanto, os atos eram a favor do impeachment da governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), cujo pedido foi feito por advogados na Assembleia Legislativa do Estado, por conta da questão de segurança-no Estado.

*Com agências de noticias


Soluções de Segurança para a Sociedade
Não delegue a segurança cibernética apenas para a TI

Para mitigar os riscos com ataques hackers, toda a corporação precisa se unir, adverte Jun Goto, vice-presidente Sênior da NEC Corporation.

Golpe do cupom falso de desconto do Uber pega mais de 40 mil brasileiros

A campanha propagada por email foi identificada no sábado, dia 17, e segue ativa no país.

Golpe via WhatsApp que simula consulta para resgate do FGTS já atingiu mais de 360 mil brasileiros

Ação dos hackers é amplificado por meio de mensagens de contatos conhecidos ou de grupos do próprio WhatsApp, dizendo que as pessoas que trabalharam com carteira assinada entre 1998 e 2016 podem receber, por meio da Caixa.

Roubo de dados vai causar um prejuízo acima de R$ 26 trilhões até 2020

Estudo mostra que a quantidade de dados pessoais capturada por esses criminosos deve dobrar de tamanho rapidamente, de 2,8 bilhões neste 2017 para 5 bilhões em 2020.

Mais de 100 mil brasileiros acessaram novo golpe via WhatsApp

Em 48 horas, uma campanha falsa prometendo um vale-presente de R$ 500,00 nas Lojas Pernambucanas é a nova frente dos cibercriminosos para roubar dados pessoais.



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G