TELECOM

Teles vão vender dispositivo antiespionagem no Brasil

Ana Paula Lobo ... 06/05/2014 ... Convergência Digital

Já está disponível no Brasil, um dispositivo eletrônico que tem como premissa, por meio de criptografia segura,  proteger a comunicação entre celulares, telefones fixos, tablets, PCs, notebooks e servidores. A solução - desenvolvida pela norte-americana KookSpan especializada em segurança de comunicações para empresas e agências governamentais, está sendo comercializada aqui pela FGX, multinacional brasileira da área de Tecnologia.

Batizado como TrustChip, o produto é considerado 100% seguro, porque a aplicação de segurança está embarcada no chip. "O TrustChip funciona como um cartão de memória e pode ser colocado em qualquer dispositivo móvel. Ele tem até 2 Giga de memória e serve para proteger a comunicação via Wi-Fi, 3G ou 4G", explica em entrevista ao Convergência Digital, o presidente da FGX, Fábio Guimarães.

Ele rechaça a possibilidade de pela solução ser norte-americana haver a possibilidade de 'back door' aberto à vigilância do governo daquele país. "Toda a infraestrutura do serviço está instalado no Brasil. Não há como haver a interceptação. Não há chave-matriz. Apenas no caso da negociação com as teles, é que elas terão de abrir as informações à justiça, como já acontece hoje legalmente. O TrustChip está adequado à legislação brasileira", garante Guimarães.

Com relação às operadoras, o executivo diz que o plano delas é vender a solução como um serviço. Sem dar nomes ainda, diz que uma operadora deverá ter contrato de exclusividade por um período e o acerto deve ser conhecido em pouco tempo. Para bancos, governos e corporações, a venda do TrustChip será feita de forma direta pela FGX. A expectativa da empresa é comercializar 5000 unidades até dezembro. A ideia é o pagamento de uma mensalidade à empresa, orçada, inicialmente, em R$ 150. Mas o custo a ser cobrado para pessoas físicas será definido pela operadora.

"Temos convicção que essa é uma solução importante em função das denúncias da espionagem feita pelo Snowden, ex-agente da CIA. Muitas companhias estão buscando como proger seus dados e evitar vazamentos", sinaliza Guimarães. O goveno está na mira e também será um alvo de comercialização. "Comunicação segura é uma ambição e nos EUA o TrustChip é usado pelas principais agências de segurança", explica.

Guimarães explica ainda que qualquer aparelho que tenha uma entrada microSD pode fazer ouso do TrustChip. No caso dos dispositivos da Apple (como o iPhone), que não possuem essa entrada, é necessário o uso de uma capa auxiliar com o acesso microSD. Para o segundo semestre, a companhia terá uma solução voltada para criptograr o envio de fotos. "A ideia é que a foto possa ser vista uma única vez. Isso pode ser usado em um documento", exemplifica.


Internet Móvel 3G 4G
Brasileiro usa cerca de 30 aplicativos nos smartphones

Os brasileiros passaram mais de três horas por dia usando o celular, o que coloca o País na 5ª posição mundial, atrás apenas da Indonésia, Tailândia, China e Coreia do Sul. Os dados levaram em conta apenas os assinantes do Android.

Painel Telebrasil 2019
A 63ª edição do principal encontro institucional de lideranças do setor de telecomunicações e TICs acontecerá entre os dias 21 e 23 de maio de 2019, em Brasília. Saiba mais em paineltelebrasil.org.br
Veja o vídeo

Oi convoca assembleia geral de acionistas para 30 de abril

Por meio de comunicado ao mercado, operadora marca assembleia de acionistas depois do aumento de capital e do acordo firmado com a Pharol, acionista portuguesa que resistia à execução do plano de recuperação.

Telefonia fixa perdeu quase 2 milhões de linhas ativas em 2018

As concessionárias foram as que mais tiveram pedidos de desligamento - 1,682 milhão de linhas no período de novembro de 2017 a novembro de 2018. Claro lidera o mercado de linhas fixas. Oi detém mais da metade das linhas das concessionárias. Claro aparece entre as autorizadas.

Anatel amplia o cerco aos celulares piratas

Mensagens de alerta sobre o bloqueio de celulares considerados irregulares estão sendo enviadas para os estados da região Nordeste, dois estados da Região Sudeste ( Minas Gerais e São Paulo) e alguns trechos das Região Norte. No portal da Anatel é possível saber se o seu celular é ou não irregular.

Vicente Aquino é empossado como conselheiro da Anatel

Com a presença do presidente da agência, Leonardo de Morais, e do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Gilberto Kassab, o advogado - indicado pelo presidente do Senado, Eunício de Oliveira - foi empossado. Mandato vai até novembro de 2020. Foi a posse mais rápida já feita na Anatel - entre indicação e posse foram menos de 15 dias.




  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G