TELECOM

Se faltar dinheiro, teles cobrem transição da TV digital, diz Anatel

Luís Osvaldo Grossmann ... 15/09/2014 ... Convergência Digital

A Anatel atendeu as emissoras de televisão, que insistiam em uma menção expressa sobre o ressarcimento dos custos da migração digital atrelada ao leilão da faixa de 700 MHz. Nos esclarecimentos sobre o edital, a agência firma que caso o repasse de valores previsto se mostre insuficiente, os recursos faltantes deverão ser aportados pelas vencedoras do leilão, as operadoras móveis. Para a agência, o passo esvazia pretextos para levar o leilão à Justiça.

Assim, o grupo da implementação da digitalização, composto por Anatel, teles e tevês, “deverá informar ao Conselho Diretor o montante dos recursos faltantes, que deverão ser aportados pelas proponentes vencedoras, com divisão proporcional dos custos de ressarcimento”. Para a agência, isso já estava garantido no edital. Mas as emissoras queriam um compromisso ‘por extenso’.

Como esperado, a Anatel não chegou a abrir apresentar planilhas detalhadas sobre os R$ 3,6 bilhões que devem custear o remanejamento de mil transmissoras e retransmissoras, distribuir receptores ao Bolsa Família e mitigar as interferências da telefonia 4G na TV Digital e vice-versa. Para os radiodifusores, o valor previsto não será suficiente.

A agência diz que estimou “o gasto com a substituição dos equipamentos utilizados nas estações operando”, e levantou “preços de sistemas transmissores digitais UHF (de 0,25 kW até 15 kW), de sistemas irradiantes UHF (tipos Slot e Painel), de containers para transmissores UHF e de construção de torres de radiodifusão”, além de gastos com instalação e logística.

“Esta estimativa se baseia na premissa conservadora de que todos os canais deverão ser ressarcidos em sua totalidade, ou seja, foi considerado que toda a infraestrutura de transmissão do canal deverá ser substituída. Na prática poderão ocorrer situações em que alguns equipamentos poderão ser reaproveitados, o que reduzirá os custos da EAD com essa atividade.”

A conta também inclui a distribuição, para aproximadamente 14 milhões de inscritos no programa Bolsa Família, “do conjunto do Conversor com interatividade e com antena de TV Digital”, para o qual foi estimado um custo unitário “após reuniões com associações de radiodifusão e fabricantes de equipamentos de recepção”.

E, finalmente, o edital prevê a distribuição “sempre que necessário’ de filtros de recepção de TV. Nesse caso, “foi realizada uma avaliação técnica, com base em modelo de predição de cobertura, e também um benchmarking internacional para identificar o percentual de casos de recepção de TV em que será necessária alguma técnica adicional de mitigação”. Todas as contas, sustenta a Anatel, foram aprovadas pelo Tribuna de Contas da União.


Internet Móvel 3G 4G
Chineses mostram força no mercado de smartphones

Samsung e Apple seguem à frente da liderança, mas começam a ter seguidores. A fabricante coreana tem 20,7% do mercado global de smarpthones, enquanto a americana detém 13,7%. As chinesas Huawei (9%), Oppo (8,1%) e Vivo (6,8%) cresceram.

Vivo lança planos de voz ilimitados para PMEs

Iniciativa chega ao mercado B2B e também envolve a oferta de planos de dados. Preços variam de R$ 99,99 a R$ 237.99.

Oi troca cobre por FTTH em Duque de Caxias, Rio de Janeiro

Detentora da maior planta de par metálico no Brasil, a operadora planeja expandir o piloto para outras cidades onde a infraestruutra é mais crítica de qualidade.

Prestadoras de serviços de telecom investiram R$ 28 bilhões no Brasil

Receita bruta, no entanto, caiu 5% e ficou em R$ 226 bilhões. Aportes maiores foram em expansão de infraestrutura.

Disputa da TV paga com SBT, Rede TV! e SBT gera mais de 1000 reclamações à Anatel em três dias

Agência informa ainda que, em março, todos os serviços apresentaram redução nas reclamações dos usuários. NET e TIM foram as únicas que registraram aumento nas reclamações.

TCU dá 120 dias ao MCTIC para estudo sobre redução dos fundos de telecom

Para o Tribunal, descompasso entre arrecadação e uso de Fistel, Fust e Funttel está ligada à ausência de política pública para o setor. De cerca de R$ 113 bilhões arrecadados desde 1997, R$ 106 bi foram usados para cobrir outras despesas, notadamente dívida pública e Previdência.

Usuários dos serviços de telefonia, internet e TV paga pagaram R$ 64 bilhões em impostos em 2016

Total arrecadado diretamente do cidadão e transferido aos cofres públicos representa metade da receita líquida. O FUST arrecadou R$ 1,4 bilhão. O ICMS arrecadou R$ 34 bilhões.


Veja a revista do 60º Painel Telebrasil 2016
Revista do 60º Painel Telebrasil 2016
O Brasil enfrenta uma de suas mais graves crises, e as telecomunicações em banda larga são essenciais para a retomada do desenvolvimento sustentável, com inclusão social, na moderna sociedade da informação e do conhecimento. Este foi o mote dos debates durante o 60º Painel Telebrasil, realizado nos dias 22 e 23 de novembro, em Brasília.

  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G