Home - Convergência Digital

São Paulo terá 1º curso de Engenharia de Inovação

Convergência Digital - Carreira
Da redação - 09/10/2014

O Instituto Superior de Inovação e Tecnologia (Isitec) terá, a partir de 2015, a primeira, e ainda única, graduação em Engenharia de Inovação do Brasil. É um projeto completamente diferente de tudo o que existe no país. Além de focar no novo perfil desejado para o profissional de engenharia, o Isitec prioriza o aprendizado do estudante.

As inscrições para o processo seletivo para ingressar na primeira turma – a ser iniciada em 2015 – estão abertas até o dia 5 de Janeiro de 2015 e podem ser feitas pelo site da instituição (http://www.isitec.org.br/page/processo-seletivo/MS00).

O processo contará com a expertise da Cia. de Talentos (http://www.ciadetalentos.com.br), empresa especializada em selecionar jovens talentosos para carreiras promissoras. Essa parceria tem como objetivo indicar para o candidato o perfil de estudante que buscamos: aqueles que procuram desenvolver sua percepção lógica para os desafios que o futuro exigirá.

Para a primeira turma, serão 60 vagas e os 60 selecionados receberão a bolsa integral. O processo seletivo terá fases:
1. Testes de Análise de Aptidão Lógica “on-line” e confirmação da inscrição (de 15/10/14 a 09/1/15) via pagamento de taxa de R$ 35,00.
2. Resultado no Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM
3. Prova de Análise e Interpretação de Linguagens e Prova Produção Textual.

O ISITEC

O Isitec e a proposta do curso de Engenharia de Inovação foram criados em 2011 pelo Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo. Ambos foram credenciados e autorizados pelo MEC em 2013.A criação do curso deve-se ao déficit na demanda por engenheiros para atuar em projetos de desenvolvimento nacional e também global, que estejam capacitados a identificar e a liderar processos de inovação. Trata-se, portanto, de reposicionar o papel do engenheiro como um líder na sociedade cada vez mais complexa do século XXI, garantindo soluções técnicas e humanas na construção de um mundo melhor para todos.

A instituição atuará em três principais pilares: graduação, educação continuada e consultoria e serviços. Eles trarão uma visão inovadora para a engenharia nacional e a oferta de prestação de serviços ao mercado, estimulando uma parceria permanente entre empresas, estudos e bancadas de pesquisa.

O curso Engenharia de Inovação será um bacharelado em período integral, com cinco anos de estudo e vai preparar engenheiros para identificar, estruturar e solucionar demandas de inovação em qualquer área em que atue. “Nossa missão é formar engenheiros capazes de inovar e empreender, transformando e humanizando a sociedade em que vivem”, afirma Saulo Krichanã Rodrigues, diretor geral do Isitec.

De acordo com o Diretor da Graduação, o professor José Marques de Póvoa: "ao aprender a aprender e ao aprender a fazer e realmente fazer, estamos definindo o DNA do Curso de Graduação em Engenharia da Inovação!", complementa.

Serviço
Graduação em Engenharia de Inovação do ISITEC
INICIO DAS AULAS: 23 de fevereiro de 2015.
Processo seletivo: contará com três fases: aptidão lógica, redação e ENEM.
Inscrições: de 01/10/14 até 05/01/14
http://www.isitec.org.br/page/processo-seletivo/MS00

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

23/05/2017
Jovens usam game para traduzir a angústia da depressão

19/05/2017
Qualcomm demonstra recarga de carros elétricos em movimento

03/05/2017
Planejamento autoriza Finep a captar R$ 600 milhões para financiar inovação

24/04/2017
CESAR abre inscrições para atrair startups

19/04/2017
Finep e Fapesp aprovam projetos de R$ 65 milhões para inovação

12/04/2017
Qualcomm terá que devolver US$ 815 milhões de royalties à BlackBerry

06/04/2017
Você é arrojado, realizador, malabarista ou tranquilo?

23/03/2017
Novo contingenciamento do Governo pode sufocar a Ciência, Tecnologia e Inovação

20/03/2017
Embrapii anuncia acordos e chamadas públicas de R$ 100 milhões para inovação

16/03/2017
Governo assume que a Lei do Bem falhou no fomento à inovação

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O help desk como porta de entrada para altos cargos em TI

Por Leonard Wadewitz*

Técnicos de help desk precisam ser capazes de trabalhar com todas as tecnologias em que uma empresa investe. Isso inclui sistemas operacionais, aplicativos, redes, hardware e software, o que exige um real e profundo conhecimento dessas tecnologias.

Destaques
Destaques

Desenvolvedores em TI sofrem com as vagas fechadas

Mercado nacional se ressente da falta de especialistas em Java e nos sistemas móveis.

Cientista de dados: o especialista que as empresas cobiçam

Pesquisa mostra que os salários na área podem variar de R$ 5 mil a R$ 30 mil. A interação entre os mundos digital e físico também abre a busca por mão de obra.

Em tempo de crise, COBOL fica mais vivo do que nunca

O desafio dos gestores de TI é integrar os sistemas legados aos novos de computação em nuvem e mobilidade. Dados mostram que, hoje, 1,5 milhão de linhas de códigos são escritas na linguagem de programação no mundo.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site