GOVERNO » Política Industrial

Dilma isenta small cells de pagar Fistel e veta preferência por equipamento nacional nas compras públicas

Luiz Queiroz ... 20/01/2015 ... Convergência Digital

Foi sancionada nesta terça-feira, 20/01, pela presidenta Dilma Rousseff, a Lei 13.097/2015, que garante a prorrogação de incentivos fiscais da Lei do Bem até 2018 para tablets, notebooks e smartphones. Além disso, concedeu uma isenção no recolhimento do Fistel - Fundo de Fiscalização das Telecomunicações - para as smallcells.

Pela nova legislação, o governo garante a isenção na contribuição para as estações radio-base ERBs cuja potência chegue a até 5W. Acima dessa potência e até 10W o governo aplicou uma redução no recolhimento para este fundo que irá girar em torno de 10% em relação ao valor de mercado das demais estações rádio base, e repetidoras do serviço.

A presidenta Dilma também vetou dois primeiros incisos relativos ao pagamento de débitos de concessionárias e permissionárias de Serviços de Radiodifusão, referentes ao Artigo 132, parágrafo segundo.

E cumpriu o veto já anunciado com relação a estender a margem de preferência para compras públicas adotada aos equipamentos nacionais a todo e qualquer produto manufaturado. O artigo vetado estabelecia que essa margem de preferência deveria ser estabelecida até 2020, respeitando o teto de 25%.

"O Poder Executivo está discutindo o aprimoramento do modelo atual de margem de preferência e apresentará oportunamente um novo desenho", diz a justificativa do veto apresentada pelo governo.


Governo terá plataforma única para cruzamento de dados no Poder Executivo

Planejamento chegou a proibir os órgãos federais de contratarem soluções de Big Data e Analytics para evitar dispersões.

Greve continua e não há data para lançamento do satélite da Telebras

Previsto para o dia 21 de março, o lançamento, agora, só deverá acontecer pelo menos 10 dias depois do fim da greve geral na Guiana Francesa. Governo diz que atraso não causa prejuízo aos projetos nem financeiro.

Gilberto Kassab sofre duas investigações oficiais por conta da Lava Jato

O jornal Estado de São Paulo divulgou a lista do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal. Foi determinada a abertura de inquérito contra contra nove ministros do governo Temer, 29 senadores e 42 deputados federais, entre eles os presidentes das duas Casas - Senado e Câmara.

"Há chances, sim, de reverter a reoneração da folha para TI", afirma Kassab

"Os números apresentados me convenceram plenamente. Eu estou à frente dessa negociação no governo", afirmou o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab.

STF livra governo federal de responder por dívidas trabalhistas de terceirizados

“A responsabilidade por débitos trabalhistas de terceiros seria desestímulo à colaboração da iniciativa privada com a administração pública”, sustentou no voto de desempate o ministro Alexandre de Moraes.



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G