GOVERNO

Padtec: medidas para recuperar o equilíbrio financeiro já foram tomadas

Ana Paula Lobo ... 29/04/2015 ... Convergência Digital

A Padtec afasta a possibilidade de uma crise permanente e diz que já adotou medidas para recuperar o equilíbrio econômico-financeiro. Em comunicado enviado ao portal Convergência Digital, nesta quarta-feira, 29/04, a fabricante ressalta que a "desaceleração da economia e o aumento acentuado do dólar foram os principais fatores que, neste começo de ano, levaram a Padtec a um cenário adverso de aumento de custos e consequente diminuição de rentabilidade de seus negócios". Diz ainda que "tomou medidas de maneira rápida e efetiva para reestabelecer o equilíbrio econômico-financeiro de suas atividades, assim como o fizeram outras grandes empresas do mercado de telecom recentemente".

A empresa justifica ainda a descontinuidade de produção da linha FlexPad, que compreende equipamentos de última milha para levar fibras ópticas aos usuários finais, aconteceu em função de "um realinhamento estratégico, segundo o qual a Padtec concentrará seus esforços no seu core business, transmissão ótica de alta capacidade com sistemas DWDM, que sempre foi o carro-chefe dos negócios da empresa. Enfatizamos que a plataforma de equipamentos DWDM LightPad agora conta com novas tecnologias como OTN Switching e uma completa solução para sistemas submarinos com ótimas perspectivas de mercado".

Nesta terça-feira, 28/04, a crise da PadTec foi comentada pelo ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, e acendeu o sinal vermelho no governo e na indústria de Telecom, conforme o relatado pelo portal Convergência Digital. Ao fim do comunicado, a PadTec ressalta que, hoje, "o faturamento da empresa em 2014 cresceu na casa de dois dígitos e está acima dos 400 milhões de reais e terá o seu balanço oficial divulgado em breve. Mesmo com os desligamentos, a Padtec possui hoje um quadro de cerca de 450 colaboradores, dos quais 40% com graduação superior, 6% de mestres e 1% de doutores". E garante que os negócios continuam e que, em 2015, a empresa já venceu importantes licitações e negocia expansões de rede.

O portal Convergência Digital publica a íntegra do comunicado enviado pela Padtec.

A  desaceleração da economia e o aumento acentuado do dólar foram os principais fatores que, neste começo de ano, levaram a Padtec a um cenário adverso de aumento de custos e consequente diminuição de rentabilidade de seus negócios. Neste contexto, a Padtec tomou medidas de maneira rápida e efetiva para reestabelecer o equilíbrio econômico-financeiro de suas atividades, assim como o fizeram outras grandes empresas do mercado de telecom recentemente.

Uma destas medidas foi a descontinuidade de produção da linha FlexPad, que compreende equipamentos de última milha para levar fibra óptica aos usuários finais. Salientamos que todo o serviço de suporte continua sendo plenamente prestado junto a nossos clientes e ações para aumentar a interoperabilidade de nossos equipamentos foram proativamente realizadas pela Padtec, incluindo negociações com outros fabricantes e disponibilização de nossos equipamentos e tecnologia. Em consequência, houve o desligamento de pessoal técnico e comercial diretamente ligado à plataforma FlexPad.

A opção pela descontinuidade da linha FlexPad se fez diante de um realinhamento estratégico, segundo o qual a Padtec concentrará seus esforços no seu core business, transmissão ótica de alta capacidade com sistemas DWDM, que sempre foi o carro-chefe dos negócios da empresa. Enfatizamos que a plataforma de equipamentos DWDM LightPad agora conta com novas tecnologias como OTN Switching e uma completa solução para sistemas submarinos com ótimas perspectivas de mercado.

Sobre o cenário atual e expectativas para 2015.

O faturamento da empresa em 2014 cresceu na casa de dois dígitos e está acima dos 400 milhões de reais e terá o seu balanço oficial divulgado em breve. Mesmo com os
desligamentos, a Padtec possui hoje um quadro de cerca de 450 colaboradores, dos quais 40% com graduação superior, 6% de mestres e 1% de doutores. A subsidiária PSG Telecom, prestadora de serviços de telecom, registrou forte crescimento em 2014 com faturamento acima de 40 milhões de reais. A estratégica participação na Clariphy, juntamente com os esforços de P&D da subsidiária CIVCOM e da própria Padtec, permitiram o lançamento da segunda geração de line cards 100G com desempenho diferenciado em relação aos concorrentes centenários deste mercado.

Esta sinergia entre a Padtec e suas subsidiárias caminha para promissores lançamentos como line cards e tranceivers 200G, 400G e além. Este ano, a Padtec já venceu importante licitações, lançou um cabo subfluvial para o Projeto Piloto do programa Amazônia Conectada, que é bastante amplo e possui novas implantações previstas ainda para este ano. No contexto do mercado externo, a Padtec está participando de importantes negociações para fornecimento de novas redes além de expansões para redes já implantadas.


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Bolsonaro reduz impostos sobre jogos eletrônicos. Zona Franca reage

As alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre consoles e máquinas de jogos de vídeo, partes e acessórios que variavam de 20% a 50%, foram reduzidas para 16% a 40%.

PF prende quatro sob alegação de terem hackeado celular de Sergio Moro

Polícia Federal não quis dar maiores detalhes sob justificativa de preservar as investigações. Prisões ocorreram nas cidades de São Paulo, Araraquara e Ribeirão Preto. Operação foi batizada de Spoofing.

MP entra com pedido para TCU fiscalizar terceirizações no Governo Federal

Subprocurador-geral, Lucas Rocha Furtado, diz que as terceirizações são uma forma de driblar a obrigatoriedade de concurso público, previsto na Constituição. Também alega que as terceirizações estão sendo feitas para 'satisfação de interesses pessoais', mediante direcionamento na indicação de profissionais.

Decreto coloca IoT no Fistel reduzido e permite enquadramento como SVA

Publicação do Plano Nacional de Internet das Coisas tem conceito flexível para possibilitar que esses serviços escapem do ICMS. Até eventual aprovação da lei que zera a taxa de fiscalização, equipamentos pagam R$ 1,89 por ano. 



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G