Convergência Digital - Home

Big data traça raio-x do mercado de trabalho no Brasil

Convergência Digital
Convergência Digital - 16/06/2015

O site Trabalho Hoje usou o big data para estudar mais de 100 milhões de registros do Ministério do Trabalho. O portal utilizou a ferramenta Stone Age Analytics, voltada para análises de altos volumes de Big Data e capaz de efetuar apurações estatísticas e de tendências de mercado em apenas alguns minutos, da carioca Stone Age, para viabilizar um levantamento sobre os 20 setores que mais contrataram e os 20 que mais demitiram em 2015.

Segundo Adymar Araújo, representante do site do Trabalho Hoje, a partir de um cruzamento de dados com base no PIS dos trabalhadores foi possível fazer um estudo de segmentação profissional dos últimos quatro anos. “Conseguimos monitorar o vínculo desse profissional, saber em quais empresas ele trabalhou e a sua evolução no mercado de trabalho. Com isso, percebemos que a crise está reduzindo as oportunidades de emprego com melhores salários e cargos intermediários de chefia”, afirma Adymar.

De acordo com as planilhas geradas pela ferramenta com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho, atualmente cerca de 1 milhão de pessoas entram e saem do mercado de trabalho e entre as atividades que mais contrataram estão operadores de telemarketing, recepcionistas e auxiliares de serviços gerais. “Com todos esses dados reunidos na ferramenta, é possível entender as tendências atuais do mercado de trabalho em poucas horas. Conseguimos, também, perceber quais serão as áreas mais promissoras e quais estão entrando em crise”, finaliza Araújo.


Destaques
Destaques

Nuvem pública é usada no Brasil para back-up de dados e fluxos locais

A terceira edição da pesquisa Global Data Protection Index, encomendada pela Dell Technologies, mostra ainda que mais de 70% das empresas de médio e grande porte registraram incidentes com dados no Brasil, com um prejuízo médio de R$ 1,5 milhão.

Edge computing vai avançar 226% nos próximos cinco anos

Levantamento global da Vertiv mostra que o edge comuputing ganha papel estratégico no ecossistema de data centers pelo incremento do processamento de dados perto do ponto de uso.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

As lições do buraco negro e da análise de dados às empresas

Por Paulo Watanave*

O fato é que por trás das aplicações e sistemas usados nas operações já existe um grande e variado conjunto de insights e algoritmos que podem ser usados para gerar valor real às organizações e para as pessoas de um modo geral. Estima-se que menos de 10% das companhias em todo o mundo tenham estratégias bem definidas para a utilização dos recursos digitais e das informações.

Edge Computing para acelerar os negócios das empresas brasileiras

Por Henrique Cecci*

O que é, afinal, Edge Computing? Trata-se da aplicação de soluções que facilitam o processamento de dados diretamente na fonte de geração de dados. No contexto da Internet das Coisas (IoT), por exemplo, as fontes de geração de dados geralmente são "coisas" com sensores ou dispositivos incorporados.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site