NEGÓCIOS

62% das empresas compram pela internet, mas só 21% vendem pela rede

Luís Osvaldo Grossmann ... 04/08/2015 ... Convergência Digital

O uso de computadores (agora portáteis) e o acesso à internet chegou a grande maioria das empresas do país, mas o uso da rede como ferramenta de negócios é restrito, segundo indica a nova pesquisa TIC Empresas, do Cetic.br (o braço de pesquisas do NIC.br). Pelos números divulgados nesta terça, 4/8, 62% delas usam a rede para comprar, mas apenas 21% para vender.

A maior parte delas, 53%, sustenta que isso acontece porque seus produtos não são adequados para venda online, quase a mesma proporção (51%) alega simplesmente preferir o modelo atual. Da pequena parcela que usa a internet para oferecer serviços e produtos, o canal preferencialmente utilizado (79%) ainda é o email.

Mas se não descobriram a rede para ajudar diretamente nos negócios, a internet serve a múltiplos propósitos. A maior parte das empresas (62%) possui pelo menos um website para divulgar informações básicas sobre a firma (89% entre empresas grandes). E praticamente todas (93%) se valem da rede para e-gov. Além disso, 28% disseram usar chamadas de voz pela rede (VoIP).

E cresce a popularidade das redes sociais. Embora 55% das empresas bloqueiem o acesso a elas nos computadores dos funcionários, a proporção daquelas que usam perfil próprio passou de 36% para 45% entre 2012 e 2014. Dessas, 72% designaram um responsável para gerir o perfil – enquanto 25% preferiram terceirizar esse serviço. A maior parte faz atualizações todos os dias (20%) ou pelo menos uma vez por semana (38%).

E embora os computadores de mesa continuem presentes (98% das empresas os usam), em 71% já são também utilizados portáteis (notebooks) e mesmo tablets, cujo uso passou de 13% para 22% desde 2012. A pesquisa também verificou que 78% das empresas possuem uma rede local sem fio e 72% utilizaram celular corporativo.

 


CADE diz que conluio de empresas de cabos submarinos prejudicou o Brasil

Exsym Corporation, LS Cable LTD, Nexans, Prysmian S.p.A, Taihan Electric Wire e Viscas Corporation teriam dividido entre si territórios e projetos, discutido e combinado preços a serem cotados em projetos específicos.

Gastos de TI: PCs e celulares perdem o estrelato para Internet das Coisas e nuvem

Mesmo com as incertezas econômicas no mundo, o Gartner prevê que haverá crescimento nos gastos com TI em 2019. A consultoria faz uma advertência: quase metade das equipes de TI tem necessidade urgente para desenvolver novas competências.

Amazon.com desembarca no Brasil para mexer com o comércio eletrônico

Varejista lança a plataforma 1P e venderá produtos para bebês, brinquedos, beleza e cuidado pessoal. Marketplace da Amazon.com já conta com mais de 800 fornecedores/marcas distintas para a venda direta.

Tablets vendem cada vez menos no Brasil

Dispostivos ganham sobrevida com a procura sazonal do mercado corportivo e pelo interesse do público infantil.


3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018 - Cobertura Especial Convergência Digital
Brasscom lança manifesto para construir um Brasil Digital e Conectado

Entidade quer a colaboração da sociedade e de entidades de TI ou não para entregar um documento aos presidenciáveis. "Tecnologia precisa ser prioridade nacional", diz o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.


Veja a cobertura da 3º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2018

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G