TELECOM

"O WhatsApp de voz é um serviço pirata", diz Amos Genish

Ana Paula Lobo ... 04/08/2015 ... Convergência Digital

"O WhatsApp é um serviço pirata e acho que as operadoras não deveriam fechar contratos com eles. Eles não respeitam as leis do Brasil", sustentou o presidente da Vivo/GVT, Amos Genish, ao participar nesta terça-feira, 04/08, da ABTA 2015. A Vivo é a única tele móvel que não fez acordo de 'zero rating', ou seja, de consumo das redes sociais sem uso do pacote de dados contratado, com empresas como WhatsApp e Facebook.

Segundo Genish, o WhatsApp é uma 'operadora que está atuando sem licença no Brasil e pode abrir caminho para que outros provedores queiram fazer o mesmo". "O serviço de voz deles usam os nossos números de telefone. Nós pagamos R$ 4 bilhões de FISTEL. Eles não pagam nada. Isso está equivocado demais. É uma pena que as outras teles tenham aceitado trabalhar com eles", reforçou o executivo.

A pergunta sobre o WhatsApp veio por conta da pressão dos OTTs, como a Netflix, no serviço de TV por assinatura. Segundo Genish, a Netflix causa bem menos impacto que o WhatsApp e outros serviços de mensagem da Internet, que estão, agora, apostando também na voz. "Eles estão atuando como operadoras, mas não têm responsabilidade nenhuma de qualidade de serviço. Não têm regras para cumprir. Isso é crime. Isso é incentivar a pirataria", reforçou o executivo.

Genish não quis adiantar os planos da empresa, mas garantiu que a TV por Assinatura será um carro-chefe nos produtos em 2016. As plataformas que serão usadas já foram escolhidas - a de DTH, a de  IPTV e de satélite, que tinham redundância após a compra da GVT, mas não revelou quais foram. "Vamos dizer isso mais à frente".

Genish também ressaltou que até o começo de 2016, as estruturas de TI já estarão integradas. "Os combos são hoje a forma como o brasileiro quer comprar serviço. E vamos integrar isso. Só na cidade de São Paulo, 80% querem o combo. Ter um único provedor de telefonia, TV e banda larga. Estamos nos preparando para isso", completou. O presidente da Vivo/GVT participou de painel com presidentes para discutir o momento da TV por Assinatura no Brasil.


Oi sustenta que acordo com credores não é mediação judicial

Operadora diz que acordo que prevê o pagamento de credores até R$ 50 mil foi autorizado pela 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro e é a única decisão que a companhia tem conhecimento.

Teles e fabricantes trocam farpas por bloqueio de celulares

A 20 dias do prazo proposto pela Anatel, guerra de notas sinaliza que o assunto ainda não foi pacificado entre os principais atores. Dados das operadoras dão conta que, mensalmente, 1 milhão de novos celulares irregulares entram no mercado.

Grupo sueco vai comprar Nextel por US$ 200 milhões

Se correr como o planejado, após duas etapas de aportes na operadora, grupo AINMT, que atua na Suécia, Noruega e Dinamarca com a marca Ice, ficará com 60% da empresa brasileira. NII Holdings ficará com os outros 40%.

Correios vendem 14 mil chips e avançam para o Rio de Janeiro

Depois do início das operações em São Paulo, em março, e em Brasília, em abril, estatal lança o Correios Celular na capital carioca. Meta da empresa é vender 500 mil chips até dezembro e se tornar a maior MVNO do país.

Procon-SP notifica teles por desrespeito ao bloqueio de telemarketing

Telefônica, Tim, Claro, Oi, Sky e Nextel estão entre as 35 empresas que terão que prestar esclarecimentos sobre o descumprimento da lei estadual 13.226/08, que criou um ‘não perturbe’ para call centers.

Oi não poderá usar sobras de P&D em compromissos na compra da BrT

Maioria dos conselheiros da Anatel entendeu que não há como a empresa carregar para anos seguintes os valores superiores aos aportes prometidos.


Veja a revista do 60º Painel Telebrasil 2016
Revista do 60º Painel Telebrasil 2016
O Brasil enfrenta uma de suas mais graves crises, e as telecomunicações em banda larga são essenciais para a retomada do desenvolvimento sustentável, com inclusão social, na moderna sociedade da informação e do conhecimento. Este foi o mote dos debates durante o 60º Painel Telebrasil, realizado nos dias 22 e 23 de novembro, em Brasília.

  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G