TELECOM

Netflix, Google, Facebook, WhatsApp tiram emprego e renda do Brasil

Luís Osvaldo Grossmann ... 19/08/2015 ... Convergência Digital

No embate teles x OTTs, o Ministério das Comunicações se alinha às operadoras das telecomunicações. O ministro Ricardo Berzoini incorporou as queixas das teles contra as empresas de internet e sustentou que negócios como Netflix, Google, Facebook e Whatsapp sugam receitas do Brasil e pouco contribuem para criar postos de trabalho no país.

“Grandes empresas mundiais usam a infraestrutura nacional de cada país mas que praticamente não investem nada para usar esse serviço. Falo dos OTTs, os serviços over the top que são as grandes operadoras de serviço da internet como Netflix, Google, Facebook, Whatsapp e tantos outros que conhecemos”, disse Berzoini ao discutir o futuro das telecomunicações na Câmara do Deputados.

Na audiência realizada nesta quarta, 19/8, ele insistiu que as OTTs “captam riqueza e renda e levam para fora do Brasil. São usuários da infraestrutura das operadoras públicas e privadas e são serviços que geram pouquíssima renda e emprego no Brasil, mas usam pesadamente a rede brasileira, produzida a partir de investimentos de empresas de capital multinacional mas gerando empregos no Brasil”.

Para não deixar dúvidas de onde vem o eco, Berzoini destacou que “muitos se surpreenderam com a franqueza do presidente da Vivo quando tratou do assunto”. Amos Genish disparou contra os concorrentes da internet e mirou especificamente contra o Whatsapp ao tratar o aplicativo como uma “operadora pirata” por permitir chamadas de voz sobre IP.

Para o ministro, outros países começaram a discutir essa questão “e o Brasil não pode ficar parado”. Ele afirmou que “o Netflix já ultrapassou em receita a Rede Bandeirantes e a Rede TV”, mas que “esse tipo de serviço subtrai empregos do povo brasileiro”. E concluiu que “esse debate tem que ser feito com objetividade ate por uma questão de estratégia econômica para o país”.

 


Oi assume negociação para participação acionária da China Telecom

Revelação acontece logo depois de o ministro Gilberto Kassab afirmar que a operadora precisa de dinheiro novo para evitar a intervenção ou a caducidade das concessões.

Telecom sofre forte queda, mas ainda lidera receita do setor de serviços

Pesquisa Anual dos Serviços do IBGE, referente a 2015, mostra que Telecomunicações gerou uma receita de R$ 162 bilhões, mas caiu de 18,9% no ranking para 11,3%. Tecnologia da Informação também perdeu posição para outros segmentos.

Claro Brasil: Modelo é o culpado pelo fracasso da interiorização da banda larga

Presidente da Claro Brasil, José Félix, sustentou que do jeito que está o modelo de telecom não tem mais jeito.

OTTs exigem mudanças, mas TV paga precisa entregar o que o consumidor quer

A verticalização do setor - onde atores estão distribuindo, programando e produzindo conteúdo - é um enorme desafio para os reguladores, diz o diretor da AT&T/DirectTV, Michael Hartmann.

Anatel vai à assembleia da Oi para votar contra plano de recuperação

Orientação é da Advocacia Geral da União. “Do jeito que está, vamos à assembleia para dizer não”, disse o presidente da agência Juarez Quadros. 

Presidente de Claro Brasil diz que pagar por TV aberta é insustentável

Para José Félix, acerto com a Simba, que reúne Record, SBT e RedeTV!, tem futuro limitado. “Não sei quanto tempo esse acordo vai durar. Um sinal que está no ar não tem que ser pago.”


Veja a revista do 60º Painel Telebrasil 2016
Revista do 60º Painel Telebrasil 2016
O Brasil enfrenta uma de suas mais graves crises, e as telecomunicações em banda larga são essenciais para a retomada do desenvolvimento sustentável, com inclusão social, na moderna sociedade da informação e do conhecimento. Este foi o mote dos debates durante o 60º Painel Telebrasil, realizado nos dias 22 e 23 de novembro, em Brasília.

  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G