Home - Convergência Digital

Conciliação fracassa e greve na Cobra Tecnologia continua

Convergência Digital - Carreira
Da redação - 23/11/2015

Não houve acordo entre a direção da Cobra Tecnologia e os representantes dos trabalhadores para negociar um contingenciamento durante o movimento grevista, iniciado no dia 17 de novembro. O encontro aconteceu na sede da Federação Nacional dos Empregados em Empresas e Órgãos Públicos e Privados de Processamento de Dados, Serviços de Informática e Similares, Fenadados, em Brasília.

A empresa, do Banco do Brasil, propôs um contingente mínimo de 30% para acesso de funcionários e todos os gestores às dependências da empresa, que foi recusada pela comissão dos trabalhadores em greve. Segundo eles, o movimento está cumprindo fielmente a lei de greve. E contrapropôs fixar um percentual de 5% por estado da Federação para um contingenciamento, e, em contrapartida, solicitou o abono integral dos dias de greve.

A contraproposta foi negada pelos representantes patronais que só querem negociar os dias parados, após o fim da greve. A empresa também reafirmou que a proposta colocada à mesa - reajuste salarial de 4%, abono de R$ 500 (parcela única), auxílio-refeição de R$ 700,57 e aumento de 9,49% sobre os demais benefícios constantes nas cláusulas do Acordo Coletivo em vigência - é definitiva.

Os trabalhadores não aceitam e dizem que o valor ofertado pela empresa do BB fica abaixo da inflação dos últimos doze meses - que é de 10,33% - segundo o Índice de Custo de Vida do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (ICV-DIEESE). Sem consenso, a greve da Cobra Tecnologia - iniciada no dia 17/11- prossegue e conta com a adesão de 11 estados, entre eles, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e o Distrito Federal.

*Com informações da FENADADOS

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

19/12/2018
BB une WhatsApp e autoatendimento e libera saque de até R$ 300/dia

11/06/2018
Greve da Cobra Tecnologia impacta a manutenção de TI do Banco do Brasil

25/05/2018
Sem acordo, trabalhadores da BBTS, ex-Cobra Tecnologia, continuam greve

22/02/2018
BB investe R$ 14 milhões em IA e libera transações bancárias no Messenger, do Facebook

01/06/2017
Banco do Brasil adota pulseira para compras nas funções débito e crédito

24/03/2017
Gustavo do Vale retorna à Tecnologia do Banco do Brasil

22/03/2017
Geraldo Dezena deixa a TI do Banco do Brasil

09/02/2017
Oi e Claro vencem licitação de R$ 500 mil do Banco do Brasil

08/01/2016
Banco do Brasil atinge a marca de 1 bilhão de transações móveis/mês

23/11/2015
Conciliação fracassa e greve na Cobra Tecnologia continua

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O futuro do trabalho colocado à prova

Por Luiz Camargo*

Novas profissões exigem também novas habilidades para acompanhar a revolução digital. Os novos empregos certamente irão demandar habilidades analíticas, matemáticas e digitais, com um toque de neurociência.

Destaques
Destaques

TI precisa de 420 mil novos profissionais até 2024

Formação de mão de obra, que já sofre para atender a demanda, vai ficar longe dos 70 mil novos empregos por ano. IoT, Big Data e segurança são áreas de maior demanda.

Salários em TICs são três vezes maiores que a média nacional

Em software e serviços, onde estão 75% das vagas das empresas de tecnologia da informação, remuneração média em 2018 foi de R$ 5 mil, contra R$ 1,8 mil do salário médio nacional.

TICs podem formar 1 milhão a cada quatro anos com recursos já existentes

Segundo o presidente da Contic, Edgar Serrano, atualização do marco legal de telecom e a criação do Sistema S das TICs são medidas de transformação digital sem impacto fiscal.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site