Home - Convergência Digital

Big data: Bancos priorizam informação para melhorar relação com o cliente

Convergência Digital
Por Roberta Prescott - 01/07/2016

Desenhar a estratégia do ecossistema de análise de dados é, hoje, a tarefa do mercado financeiro. "Transformar dado em informação para melhorar a experiência do cliente ainda é atividade nova", diz Josias Oliveira, diretor da StatSoft, empresa de analytics da Dell.

O big data dentro dos bancos é um assunto prioritário - principalmente quando se fala em lidar com a quantidade de dados disponíveis, mas o grande desafio é tratar esse dado e tornar uma informação relevante para melhorar a experiência do cliente, salienta Josias Oliveira, diretor da StatSoft, empresa especializada em analytics, comprada em 2014 pela Dell.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o CIAB Febraban, Oliveira lembra que o Unibanco quando foi incorporado pelo Itaú levou um time de 130 profissionais apenas para trabalhar com os dados disponíveis.

O obstáculo que o banco está enfrentando hoje é o de internalizar os dados vindos de outros sistemas como as redes sociais e a Internet das Coisas. A integração desses dados com o legado não é tarefa simples", pontua. Assistam a entrevista.

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email Addthis

LEIA TAMBÉM:

15/09/2016
BC ameaça regulamentar Fintechs caso haja riscos ao mercado financeiro

14/07/2016
R3 descarta padrão internacional para Blockchain

03/07/2016
Itaú Unibanco cria centro de excelência para blockchain

03/07/2016
Blockchain rompe padrões e impõe desafios regulatórios

03/07/2016
Capgemini: eficiência operacional é chave para a jornada digital

03/07/2016
Capgemini: Não há transformação digital sem o uso da nuvem

03/07/2016
Robôs exigem que o homem se reinvente diante da Tecnologia

03/07/2016
Há vagas para profissionais voltados para a gestão da informação

03/07/2016
MC Software monta laboratório de Inovação para o Watson

03/07/2016
Empresas estão falhando na política de proteção dos dispositivos conectados

Destaques
Destaques

Robôs exigem que o homem se reinvente diante da Tecnologia

A afirmação é pernambucana Patricia Florissi é vice-presidente e CTO global da EMC. Em entrevista, a executiva diz ainda que a transformação digital é para virar do avesso os modelos de negócios. O momento do Brasil, avalia, é o de mirar a sobrevivência. "A inovação ficou distraída com as crises'.


Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site