Home - Convergência Digital

M2M: base de chips desonerados cresce pouco mais de 5% de janeiro a maio

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo* - 15/07/2016

A base de chips M2M - voltado para a comunicação máquina a máquina e sem a intervenção humana, desonerados pelo governo Dilma - não cresce como esperado no Brasil. De janeiro a maio deste ano, por exemplo, pouco mais de 285 mil chips foram adicionados à base que, em maio, ficou em 4.290.248 milhões de acessos ativos. Em Janeiro, eram 4.003.370.

Os chips sem desoneração - e para máquinas com a interação humana, como as de cartão de crédito e POS -- chegaram a 7.426.060 milhões no país em maio. De janeiro a maio foram adicionados apenas 29350 mil chips novos à base.

Outra opção para a venda de chips para as operadoras também está em queda livre: os para modems de acesso, muito em função de os celulares virarem roteadores naturais em emergência para a maioria dos usuários de smartphones. De janeiro a maio, foram 503.327 mil chips desativados, segundo dados da Anatel. Em maio, a base de chips para acesso banda larga via dispositivos ficou em 5.275.519. Em janeiro, eram 5.778.846.

*Com dados da Anatel

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

24/11/2017
Atenta à Internet das coisas, Anatel quer mudar certificação de equipamentos

06/12/2016
M2M perde 1,3 milhão de chips ativos no Brasil em 12 meses

03/11/2016
Para a Anatel, nono dígito em todo o Brasil incentiva mercado M2M

27/09/2016
Quatro empresas monopolizam mercado de chips M2M

19/09/2016
Sai autorização da Anatel para governo de Minas Gerais entrar na Vodafone

31/08/2016
Mercado brasileiro de M2M deve crescer 13,5% ao ano até 2021

22/08/2016
4G reina, mas 2G tem vida longa no negócio M2M

15/07/2016
M2M: base de chips desonerados cresce pouco mais de 5% de janeiro a maio

26/04/2016
Google, Ford, Volvo, Uber e Lyft se unem por carro sem motorista

26/11/2015
M2M: Teles pedem benefício fiscal também para as máquinas POS

Destaques
Destaques

Brasileiro cada vez mais assiste TV conectado à Internet

Pesquisa mostra que 46% dos entrevistados disseram que 'sempre' navegam na Rede enquanto assistem televisão. O smartphone é o dispositivo mais usado para navegar na Internet.

Celular é o meio mais usado para as transações bancárias

Pesquisa Febraban mostra que no mobile banking, as transações pularam de 18,6 bilhões para 25,6 bilhões, um incremento de quase 40%. Já as feitas pela Internet registraram pequeno crescimento passando de 15,5 bilhões para 15,8 bilhões em 2017.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

A grande oportunidade da IA no negócio do carro conectado

Por: Eduardo Prado *

Os dados do seu carro vão valer ouro e não falta muito para isso, antecipa o consultor Eduardo Prado, em artigo exclusivo ao portal Convergência Digital.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site