Convergência Digital - Home

Seguros Unimed investe em MDM para sanear os dados dos clientes

Convergência Digital
Roberta Prescott e Ana Paula Lobo - 11/08/2016

A Seguros Unimed está levando a cabo um projeto de consolidação de suas bases de dados para ter uma visão única dos clientes. A empresa, que conta com 36 produtos nos segmentos de vida, saúde, previdência social, odonto e seguros patrimoniais e tem cerca de seis milhões de segurados, decidiu há pouco menos de dois anos, que o cliente, e  não mais os produtos de seu portfólio, seria o foco central de sua estratégia.

O projeto nasceu com o objetivo de melhorar a qualidade de dados. “Não é somente um problema de tecnologia,  a responsabilidade é corporativa, mas a TI é fundamental para resolvê-lo”, destacou Maria Cecília Armando Chaer, gerente de CRM e e-commerce da Seguros Unimed. “Quando nasceu o projeto, começamos a falar em gestão integrada de dados.”

Entre os motivadores, a executiva da Unimed Seguros citou a baixa qualidade dos dados, a ineficiência nas extrações de dados e a visão de futuro da companhia. O plano incluía interferir o menos possível nos sistemas legados, colocar extratores e formar um banco de dados Oracle. 

A primeira fase do projeto ocorreu de setembro a dezembro de 2014 e foi dedicada a estabelecer os objetivos e ganhos de valor a partir do projeto. Foi também contratada uma consultoria para orientar a Seguros Unimed no uso de dados para marketing. Depois foi feito o kick-off, em seguida, foram sete meses de assessment e depois nove meses de desenvolvimento.

O projeto entrou em produção em abril deste ano e atualmente está em uma fase de melhorias. No Iº Informatica World Tour, realizado no dia 09/08, em São Paulo, Maria Cecília Armando Chaer explicou o projeto à CDTV. Assistam. 


LEIA TAMBÉM:
PowerEdge MX - Conteúdo Patrocinado Dell EMC - Convergência Digital
Dell: fornecedor tem o papel de habilitar a transformação digital

A nova linha de servidores precisa ser a base do equilíbrio entre as aplicações do futuro e o legado das empresas para assegurar escala e preservar o investimento, observa o vice-Presidente Sênior e Gerente Geral da Dell EMC Brasil, Luis Gonçalves.


Destaques
Destaques

RNP muda para ir ao mercado e oferecer serviços de nuvem

“Muita coisa mudou em 10 anos. As novas definições têm mais a ver com o momento e com o futuro da RNP”, afirma o diretor-geral Nelson Simões. Até agora, a RNP atuava como broker e orquestradora com Google e Microsoft para conteúdo educacional.

Escolha o fornecedor certo. Parece simples, mas não é

Um estudo feito pelo Gartner mostra que até 2020, empresas que não utilizam computação em nuvem serão tão raras quanto as que hoje não utilizam internet. Isso porque a maioria das inovações tecnológicas é centrada em cloud.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Intuição versus análise de dados na gestão

Por Douglas Scheibler*

O poder decisório significa alta responsabilidade e inúmeros riscos. Neste cenário caótico, analisar dados é indispensável e é o que justifica uma determinada medida ser considerada como correta, em um cenário específico, em detrimento de outras.

Data Centers: agora é hora de ver acontecer

Por Gilberto Gonzaga*

O que recentemente era apenas uma tendência já pode ser observado na prática. A expectativa, agora, é que esses movimentos se consolidem cada vez mais e nos levem a uma nova era de conectividade, da qual a América Latina não ficará de fora.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site