TELECOM

Anatel: concessão sofreu 'morte tecnológica'. TCU: agência errou no passado

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 06/09/2016 ... Convergência Digital

As concessões sofreram uma 'morte tecnológica' com a evolução da tecnologia, afirmou o assessor do gabinete do conselheiro Igor de Freitas, Isaac Averbuch, ao falar que o setor de Telecom é 'sui generis' e não se compara aos demais de infraestrutura, como rodovias e energia.

"As concessões vão morrer por mera obsolescência tecnológica, independente da vontade do órgão regulador. Nas estradas isso não acontece. As rodovias trocam suas concessões. Na energia, as distribuidoras duram mais de um século", exemplificou Averbuch, em painel sobre Recuperação Judicial, no 30º Seminário Internacional da ABDTIC, realizado em São Paulo.

Averbuch lembrou ainda que a legislação do setor de Telecom não prevê a possibilidade de uma operadora solicitar o equílibrio econômico por conta  da competição ou da queda de assinantes em serviços como o da telefonia fixa. "Esse é um ponto que temos de enfrentar", disse.

Por sua vez, o secretário de fiscalização de logística e infraestrutura de telecomunicações do Tribunal de Contas da União (TCU), Marcelo Barros da Cunha, questionou a atuação passada da agência reguladora. "É certo que hoje há problemas com as concessões. Mas no passado, a Anatel não fez um acompanhamento quando o serviço era rentável e atrativo. A agência não sabe os ganhos obtidos", sinalizou.

Bens reversíveis

No caso específico da Oi, o assessor do gabinete do conselheiro Igor de Freitas, Isaac Averbuch, disse que a operadora está proibida de alienar qualquer ativo para atender a recuperação judicial, onde se tem a predisposição de atender ao máximo aos credores. "A cautelar foi para garantir a não alienação de qualquer bem sem a anuência da Anatel. Garantir o serviço é nossa obrigação".

O TCU, por sua vez, diz que não terá uma posição sobre a adequação dos bens reversíveis ou não determinará quais bens são reversíveis. "Essa é uma atribuição muito clara da Anatel. Mas temos o dever de fiscalizar porque precisamos dar transparência as ações do Governo". Assistam a participação dos executivos da Anatel e do TCU.


Operadoras móveis receberam 1,6 milhão de pedidos de bloqueio de acesso do celular

Ao todo, informa o SindiTelebrasil, 9,3 milhões de celulares estão registrados no Cadastro de Estações Móveis Impedidas (CEMI), por roubo, furto e extravio. Os dados são referentes a 2017.

Segue a sangria nas linhas de telefonia fixa no Brasil

Em novembro, foram contabilizadas 135.964 mil linhas a menos e o país fechou o décimo primeiro mês de 2017, com quase 41 milhões de linhas ativas. Oi, Claro, TIM e pequenos prestadores de STFC puxaram a queda de linhas em serviço.

Plano da Oi prevê investimentos abaixo do necessário, diz Anatel

Para agência, os R$ 4 bilhões previstos de dinheiro novo na operadora não são suficientes para que a Oi alcance o nível anual de aportes dos concorrentes. “Se não acompanhar, vai continuar perdendo mercado”, diz Juarez Quadros. 

Claro repete que há muitas operadoras no Brasil e resiste à entrada dos chineses na Oi

"O mercado já está instável com quatro operadoras. Os chineses têm uma mistura com o governo. Com quem iríamos brigar?", criticou o presidente José Félix. Não é a primeira vez que a Claro diz que o mercado nacional comporta apenas três players.

Eletrosul testa suporte por satélite com Telebras e Hughes

Com 11 mil km de linhas de transmissão, a empresa é responsável por aproximadamente 10% do sistema de transmissão do País. Piloto terá duração de 60 dias.

Rede fixa três vezes maior do que a das rivais será o futuro da Oi

O diretor de Tecnologia de Redes e Sistema da Oi, Pedro Falcão, sustentou que o backbone óptico e as redes metropolitanas são a 'joia da coroa' e despertam a ambição dos concorrentes. "A Internet de Tudo exigirá muita rede fixa", frisou.


Veja a revista do 61º Painel Telebrasil 2017
Revista do 61º Painel Telebrasil 2017
A edição de 2017 do Painel Telebrasil enfatizou a necessidade de atualização do modelo de telecomunicações e a definição de uma agenda digital para o País.

Painel Telebrasil 2017 - Cobertura Especial ConvergênciaDigital


Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do Painel Telebrasil 2017

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G