Home - Convergência Digital

PJ é precarização da TI e autorregulamentação é um sofisma

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo e Rodrigo dos Santos - 23/09/2016

A regulamentação da profissão de TI é um sonho de muitos anos da categoria - o debate está à mesa desde os anos 70 - e, agora, com a evolução da Tecnologia da Informação o momento se faz oportuno para ampliar o debate, pondera o presidente do Sindpd São Paulo, Antonio Neto. Ele revela que pesquisa feita pelo sindicato, em parceria com o Datafolha, colocou a regulamentação da profissão de TI como tem prioritário para o profissional da área.

"Na pesquisa, esse assunto foi muito abordado. A verdade é que, hoje, quem se forma em TI se for fazer um concurso público, o diploma dele não vale muita coisa porque não é reconhecido", afirma Neto, em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital. A autorregulamentação, proposta por empresas do setor, é rejeitada pelo sindicalista.

"A autorregulamentação é um sofisma. O Brasil é legalista. Se com a regra, muitos não cumprem, imagina na autorregulamentação",reage Neto. Já sobre a Pessoa Jurídica, o PJ, figura comum no mercado, o presidente do Sindpd São Paulo, é taxativo: "O PJ é patrão. Ele não é um trabalhador celetista. O PJ é unipessoal e é um modelo ilegal de contratação, tanto que o Ministério Público do Trabalho tem um comitê de fiscalização. o PJ é a precarização do trabalho".

Ciente que o tema não é uma unanimidade, o Sindpd São Paulo realiza nos dias 13 e 14 de outubro,
o Seminário de Pauta 2016, evento anual que analisa as reivindicações da categoria e norteia os debates da Campanha Salarial. E não por acaso, a regulamentação da profissão de TI será tema central dos debates."Vamos ter especialistas discutindo. É hora de dialogar. Outros sindicatos querem levar a discussão para seus Estados. Quem decidirá será a categoria", afirma Neto.

O evento terá cobertura especial do portal Convergência Digital. Os interessados devem se inscrever a partir de 20/09 no site do Sindicato.  As vagas são limitadas e as inscrições vão até o dia 3/10. Assistam a entrevista exclusiva com o presidente do Sindpd São Paulo, Antonio Neto, sobre o tema regulamentação da profissão de TI.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

19/06/2018
5G vai impulsionar serviços que precisam de baixa latência

18/06/2018
Diferença entre homens e mulheres em TI só cai com mais mulheres no setor

16/06/2018
Embratel: Nuvem é frente para expurgar os ataques hackers

15/06/2018
Fóton: Open Banking transforma o correntista em dono de sua conta

13/06/2018
Febraban prepara plataforma única para blockchain

13/06/2018
Banco do Brasil testa Open Banking para ampliar a força do digital

13/06/2018
Mobile banking da CEF chega a 1 bilhão de transações

13/06/2018
Caixa Econômica vai ter assistente de voz dentro do Google

13/06/2018
Inteligência artificial vai muito além da tecnologia

29/05/2018
TCU: o momento é de repensar o papel do Estado

Veja mais artigos
Veja mais artigos

eSocial desafia a rotina dos Recursos Humanos

Por Juliana Andrade*

Chegou a hora de as empresas tirarem proveito da robotização, especialmente, na análise de cadastros para observar se há ou não alguma informaçaõ que destoe da atualidade. O regime fiscal online exige a reparação dos dados.

Destaques
Destaques

Flexibilização no trabalho: prática bem longe da realidade no Brasil

Pesquisa mostra que 75% dos brasileiros ainda trabalham no formato tradicional: no escritório e no horário comercial. Estudo mostra ainda que 58% das empresas não fornecem recursos suficientes para viabilizar o home office.

Juízes do Trabalho: Reforma trabalhista só vale depois da sua entrada em vigor

Decisão foi tomada por mais de 700 juízes e desembargadores. Para eles, a Lei 13.467/2017 só deve valer para processos e contratos iniciados após 11 de novembro de 2017, quando a legislação entrou em vigor.

Lei Trabalhista: TST decide que demissão só pode ser homologada no sindicato

Tema é controverso, mas o ministro Alexandre Agra Belmonte decidiu em setença que "se o empregado tiver mais de um ano de serviço, o pedido de demissão somente terá validade se assistido pelo seu sindicato".

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site