26/09/2016 às 20:44
Governo


Anac impede uso do Samsung Galaxy Note 7 em aeronaves brasileiras
Luiz Queiroz

Por conta do risco de explosão ou incêndio, os smartfones da Samsung, modelo Galaxy Note 7, estão proibidos de serem usados dentro das aeronaves brasileiras, mesmo que em "modo avião". As empresas deverão usar os seus comissários para notificar os passageiros que eles devem desligar esse equipamento, se for a versão mais moderna da Samsung.

"Devido a diversos incidentes causados pelas baterias de íons de lítio do modelo da Samsung, em diferentes lugares do mundo, a agência orientou que as empresas aéreas alertem os passageiros quanto aos riscos no transporte do aparelho nas aeronaves", informa a nota oficial.

A decisão foi tomada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que encaminhou no dia 12 de setembro aos operadores de transporte aéreo do país uma "recomendação" quanto ao uso e ao transporte do smartphone Galaxy Note 7 em aeronaves.

Medida inócua

Apesar da Anac orientar que passageiros e tripulantes não devem ligar e nem recarregar esse modelo dentro de suas aeronaves, até que a fabricante faça a substituição dos modelos defeituosos, no Brasil a medida parece ser inócua, embora louvável. O lançamento oficial do Galaxy Note 7 estava previsto para o dia 22 de agosto, mas a empresa suspendeu as vendas sem dar maiores detalhes. Tanto que no site da Samsung Brasil há o anúncio do modelo, mas ele não se encontra disponível, nem em sua loja online.

Porém ficou claro que a decisão de suspensão foi tomada pela companhia no Brasil e nos demais países, quando no início de setembro foi forçada a anunciar um "recall" em unidades que já havia vendido nos EUA e na Coreia, além de outros sete países.  Segundo informações da agência Reuters, a Samsung já havia vendido cerca de 2,5 milhões de unidades nestes países, antes de anunciar o recall.

De qualquer forma, a Anac recomenda que o modelo Galaxy Note 7 da Samsung não seja transportado por passageiros ou tripulantes em bagagens despachadas, mas somente em bagagem de mão e desligado.

"Na semana passada, os problemas causados pela bateria do smartphone Galaxy Note 7 levaram à autoridade de aviação civil dos Estados Unidos (Federal Aviation Administration – FAA) a alertar as companhias aéreas daquele país quanto aos cuidados no transporte e utilização do aparelho dentro das aeronaves", informa a nota oficial da Anac.


Powered by Publique!