27/09/2016 às 10:00
Compras governamentais


TI torce pela retomada das compras por parte do Governo Federal
Luis Osvaldo Grossmann e Luiz Queiroz

O sindicato das indústrias da informação do Distrito Federal, o Sinfor, torce por uma retomada nas contratações de produtos e serviços de TI no governo federal, passado o impeachment. O mercado também terá um impulso adicional com a 20ª edição do Congresso Internacional de Tecnologia da Informação (WCIT), que acontece pela primeira vez na América do Sul, em Brasília, de 3 a 5 de outubro. 

“Temos ainda três meses e meio de execução do Orçamento. Apesar do contingenciamento, o Orçamento precisa ser executado e acredito que neste final de ano teremos a realização de projetos  importantes para o governo e para a sociedade. O país não pode ficar parado, a economia não pode ficar parada. Na medida que temos um novo governo que precisa mostrar para a sociedade a que veio imagino que teremos a normalidade para o nosso setor”, afirma o presidente do Sinfor, Ricardo Caldas. 

“O período de discussão do impeachment foi muito danoso para o setor de tecnologia da informação, porque os projetos novos de vendas, de novos serviços, de novos produtos, esses projetos ficaram parados, alguns lentamente evoluindo mas que acabaram também não se concretizando. Mas a partir do momento que o governo está definido, os mandantes dos cargos – os ministros, coordenadores e diretores estão nos seus postos, acredito que a normalidade será atingida já de imediato”, avalia.

Ele lembra que empresários do país, mas especialmente da capital, contam com um impulso adicional com a realização do WCIT. “Empresários do mundo inteiro vem para cá discutir tecnologia da informação, inclusive pessoas de referência no setor. Conhecerão nossa realidade, nossa potencialidade”, afirma, com expectativa de que empresas de mais de 80 países também possam se interessar pelo projeto do Parque Tecnológico Capital Digital. Assistam a entrevista.


Powered by Publique!