GOVERNO

PPPs não são caminho rápido para governos e empresas

Roberta Prescott e Pedro Costa ... 11/10/2016 ... Convergência Digital

As parcerias público-privadas (PPPs) têm mostrado úteis, mas seus resultados positivos não devem ser esperados em um prazo curto de tempo, como deixou claro Atter Ezzat Hannoura, dretor de PPP da unidade central do Ministério de Finanças do Egito durante painel realizado no WCIT 2016, evento realizado de 03 a 05 de outubro, em Brasília.

“PPPs nunca podem ser usadas como um caminho rápido. É preciso pensar em prazo de 18 meses ou mais”, destacou. A falta de capacidade dos governos para fazer o gerenciamento de contratos também foi abordada por Hannoura.

“Os governos são bons gestores de projetos, mas não de contratos e precisam melhorar isto e pensar as PPPs como uma parceria”, disse, sugerindo a contratação de pessoas do mercado para ajudar a fazer a transição.  

Entre os exemplos de parceria, Jayesh Ranjan, secretario de governo de Telanagana, da Índia, citou o desenvolvimento da infraestrutura para o mundo digital, acesso à banda larga e o provimento da conectividade. “Também devemos usar a tecnologia para resolver problemas de setores como o agrícola.Assistam a íntegra do debate sobre o efeito das PPPs no mundo digital.


Cobertura Especial do 2º Seminário Brasscom de Políticas Públicas & Negócios 2017

Telebras desbanca teles e assume rede da Dataprev por R$ 292 milhões

Estatal assume rede que interliga 1,7 mil agências do INSS e data centers no lugar da Embratel, Telefônica, Oi e British Telecom.



Clique aqui e acompanhe a cobertura completa do evento

Greve continua e não há data para lançamento do satélite da Telebras

Previsto para o dia 21 de março, o lançamento, agora, só deverá acontecer pelo menos 10 dias depois do fim da greve geral na Guiana Francesa. Governo diz que atraso não causa prejuízo aos projetos nem financeiro.

Gilberto Kassab sofre duas investigações oficiais por conta da Lava Jato

O jornal Estado de São Paulo divulgou a lista do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal. Foi determinada a abertura de inquérito contra contra nove ministros do governo Temer, 29 senadores e 42 deputados federais, entre eles os presidentes das duas Casas - Senado e Câmara.

STF livra governo federal de responder por dívidas trabalhistas de terceirizados

“A responsabilidade por débitos trabalhistas de terceiros seria desestímulo à colaboração da iniciativa privada com a administração pública”, sustentou no voto de desempate o ministro Alexandre de Moraes.

Para Abinee, fim da desoneração inviabiliza recuperação

Segundo entidade, reoneração tira fôlego das empresas do setor eletroeletrônico e afeta perspectivas de retomada. “É pedir para reduzir empregos”, diz o presidente da Abinee, Humberto Barbato.


Acompanhe a Cobertura Especial do WCIT 2016

Fim da gestão do Governo dos EUA abre nova era para a Internet

Desde 1º de outubro, as funções técnicas da internet – nomes, números e protocolos – não envolvem mais um contrato da ICANN com o governo americano. “O Brasil influenciou nessa transição”, diz o secretário-executivo do CGI.br, Hartmut Glaser. 


Acompanhe a Cobertura Especial do WCIT 2016

  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G