GESTÃO

TCU: Serviços digitais do governo precisam avançar muito

Luís Osvaldo Grossmann e Luiz Queiroz ... 06/10/2016 ... Convergência Digital

O Brasil começou a caminhar em direção à digitalização, mas esse é um processo que precisa ser acelerado dentro do Estado, segundo avalia o presidente do Tribunal de Contas da União, Aroldo Cedraz. Ele destaca passos importantes como os Decretos que tratam de governança digital e compartilhamento de dados, mas lembra que falta muito a desburocratizar. 

“As coisas têm acontecido, talvez não na velocidade que nós esperávamos. Já temos dois Decretos presidenciais que libertam o setor público para iniciativas em busca das tecnologias digitais, do compartilhamento de dados, da troca de informações, da integração na área de controle. Estamos avançado. Mas precisamos avançar mais rapidamente na desburocratização do Estado e na implantação definitiva da transparência.”

Ao participar do Congresso Mundial de TI, o WCIT 2016, realizado em Brasília, o presidente do TCU sustentou que o debate nacional e internacional ajuda a consolidar a agenda da digitalização e induz a administração federal a procurar um ritmo de preparação um pouco mais próximo do setor privado. 

“Esperamos muito em relação à qualidade dos serviços que o país presta através das políticas públicas. Esse evento é um passo importante porque consegue trazer ao Brasil não só especialistas nessa área mas congregar aqueles que querem discutir uma agenda nacional e internacional para a nova era digital”, afirmou. Assistam a entrevista concedida pelo presidente do TCU à CDTV, do portal Convergência Digital.


Carreira
Governo Federal abre inscrições para curso gratuito de inglês

Língua inglesa é fundamental na área de TI. Iniciativa é dividida em cinco níveis de aprendizado: iniciante, básico, pré-intermediário, intermediário e avançado.

Receita aperta o cerco às empresas devedoras do Simples

Fisco vai notificar 556,13 mil companhias, que respondem por uma dívida de R$ 22,7 bilhões. Destas, 172,54 mil atuam no Estado de São Paulo e devem R$ 7,5 bilhões. Saída do Simples pode gerar um aumento da carga tributária em até 30%.

Leroy Merlin: TI não é provedora de serviços, é parceira de negócios

Para ter uma plataforma única para todos os canais, o desafio diário é fazer a integração, salienta o CIO da companhia, Matthieu Grymonprez. Atualmente, 80% dos clientes acessam ao site antes de ir à loja.

Robôs agilizam a emissão de guias da previdência social

Mas para usar os robôs de forma eficiente é preciso avaliar os processos, destaca Fernando Capovilla, gerente de competitividade e automação da Capgemini Brasil. A empresa, por exemplo, usa mais de 100 robôs operando em diversas tecnologias.

Menos de 5% das empresas estão aptas ao regime do eSocial

Pesquisa feita pela FENACON, entidade ligada às empresas de serviços contábeis, com mais de mil associados, revela um dado preocupante: quase metade ainda nem começou a implantar o sistema.

Governo lança nova versão do Guia de Boas Práticas para a compra de TI

Guia reúne conjunto de normas a serem adotadas por mais de 200 órgãos integrantes do Sistema de Administração dos Recursos de Tecnologia da Informação (SISP).



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G