Home - Convergência Digital

Só fabricantes chineses conseguem alta na venda de smartphones

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital - 29/11/2016

Três fornecedoras chinesas – Huawei, Oppo e BBK – totalizaram, juntas, 21% das vendas de smartphones para usuários finais no mundo no terceiro trimestre de 2016. As empresas foram as únicas fornecedoras desse tipo de dispositivo entre as cinco principais no mundo a aumentarem as vendas e a participação no mercado no período.

A China liderou o crescimento do mercado de Smartphones no terceiro trimestre de 2016, com um aumento de 12,4%. As empresas que exploraram com mais sucesso as oportunidades de vendas foram a Oppo e a BBK, que venderam 81% e 89% de seus aparelhos para a China, respectivamente. As duas companhias também aumentaram seus números na Índia, Indonésia, Malásia, Tailândia e Rússia, diz a consultoria Gartner.

As vendas mundiais de smartphones para usuários finais totalizaram 373 milhões de unidades durante o terceiro trimestre de 2016, um aumento de 5,4% em comparação ao mesmo período em 2015. No entanto, as vendas totais de telefones celulares caíram 1,3%, devido, principalmente, à queda da popularidade de aparelhos normais.

A Samsung teve um bom início de trimestre, mas o problema de incêndio na bateria de Smartphones Galaxy Note 7 levou a uma queda nas vendas da linha de produtos de alta tecnologia Note. A Samsung registrou uma queda nas vendas de Smartphones dede 14,2% no terceiro trimestre de 2016, registrando seu pior desempenho até agora. Anteriormente, a pior performance da Samsung em venda de Smartphones  foi uma queda de 12,3% no quarto trimestre de 2014.

As vendas do iPhone da Apple continuaram a cair no terceiro trimestre de 2016, com um declínio de 6,6%. A empresa detém 11,5% do mercado global de Smartphones, porcentagem que representa sua pior participação desde o primeiro trimestre de 2009. As vendas da Apple caíram 8,5% nos Estados Unidos e 31% na China, dois dos seus maiores mercados.

A Huawei está se beneficiando da queda de vendas da Apple. Durante o terceiro trimestre de 2016 houve uma diferença de menos de 3% na participação de mercado de smartphone entre as duas empresas. Aparelhos altamente competitivos e repletos de recursos permitiram que a companhia mantivesse o índice de vendas nos mercados mundiais, com expansão na Europa e nos Estados Unidos que podem ajudar a Huawei a registrar outro ano de possível crescimento.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

05/12/2017
Migração total do 2G exige smartphones mais baratos

04/12/2017
Brasileiros dizem adeus aos feature phones

01/11/2017
Um em cada três smartphones terá Inteligência Artificial nativa

31/10/2017
Smartphones responderam por 59% dos acessos à Internet na América Latina

10/10/2017
Microsoft mata Windows Phone e fracassa, mais uma vez, em Telecom

02/10/2017
Claro Brasil: fabricantes de smartphones precisam tratar o Brasil como país de 1º mundo

13/09/2017
Tristeza triplica uso de apps e redes sociais

13/09/2017
Smartphones respondem por seis em cada 10 conexões na América Latina

22/08/2017
Vendas globais de smartphones cresceram 6,7% no segundo trimestre

28/07/2017
Vendas globais de PCs e smartphones cairão em 2017

Destaques
Destaques

Teles projetam 100 milhões de 4G até o fim de 2017

Em outubro, a conta é de que já existiam 95 milhões de acessos em 4G, contra 92 milhões de 3G. Expectativa é de que o LTE represente 80% dos acessos em 2018.

Migração total do 2G exige smartphones mais baratos

Para o Sinditelebrasil, preço dos aparelhos é barreira para os 36 milhões de usuários que ainda têm acessos GSM. Acessos 4G superaram os 3G em outubro.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Teles Tradicionais X Especializadas: o dilema para a IoT

Por Fábio Trindade

M2M e a Internet das Coisas são elementos centrais no debate das novas tecnologias que formarão o futuro em torno da 5G e continuarão em crescimento vertiginoso.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site