INOVAÇÃO

Oi e Nokia convocam startups para laboratório de Internet das Coisas

Pedro Costa e Ana Paula Lobo ... 08/12/2016 ... Convergência Digital

A Oi e a Nokia, que ativaram um laboratório de Internet das Coisas, referência na América Latina, na zona sul do Rio de Janeiro, estão abrindo as portas para desenvolvedores de software, aplicativos e serviços. "Estamos dando a chance para simular as ideias num ambiente de vida real", sustentou o Diretor Tecnologia e Plataformas de Serviços) da Oi, Mauro Fukuda.

A operadora realizou nesta quinta-feira, 08/12, um workshop sobre Internet das Coisas, no Rio de Janeiro. Fukuda reiterou o papel do laboratório de IoT, que é o primeiro na América Latina para Internet das Coisas em Banda Estreita (Narrowband-IoT) e eMTC (evolved Machine Type of Communication), tecnologia também conhecida como LTE-M.

Entre as atividades desenvolvidas no laboratório estão a avaliação de elementos da rede (terminais, rede de acesso, rede núcleo e plataformas), o desenvolvimento de dispositivos e aplicações por terceiros no Brasil e na América Latina. Será possível realizar a certificação dos inúmeros tipos de dispositivos a serem conectados na rede, para antecipação de riscos e problemas de operação.

"Estamos abrindo nosso espaço com profissionais de alta capacitação para ajudar a criar o ecossistema da Internet das Coisas", completou Fukuda.

Transformar uma ideia num produto

Preparar as ideias e torna-las em um produto comercial. Esse é o grande objetivo do laboratório de Internet das Coisas, o primeiro do genêro na América Latina, criado pela Oi e pela Nokia. "Se uma ideia virar um produto já teremos alcançado nosso objetivo", pontuou o Diretor de Estratégia e Novos Negócios da Oi, Nuno Cadima.

Segundo ele, são áreas de interesse de desenvolvimento em IoT, as casas inteligentes, os carros inteligentes, as cidades inteligentes e a agricultura inteligente. "Esse é um segmento onde há um potencial enorme para a IoT", pontuou. Cadima explicou ainda como as startups poderão participar da iniciativa.

GSMA pretende monitorar até 30 pilotos em Internet das Coisas em 2017

A GSMA prevê 15 bilhões de objetos conectados em 2020, revelou Valter Wolf, diretor da entidade, no Workshop sobre Internet das Coisas, organizado pela Oi e Nokia, nesta quinta-feira, 08/12, no Rio de Janeiro.

De acordo ainda com Wolf, a GSMA espera ter 30 pilotos monitorados até a metade de 2017, entre eles, o da Oi. Em Barcelona, a GSMA vai selecionar um mapa com todos os laboratórios voltados para Internet das Coisas e o da Oi/Nokia é considerado, o maior das Américas. Assistam.


TICs em Foco - TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
Prever. Prevenir. Detectar e Responder

Essas são a exigência da remodelagem da gestão de riscos e da segurança organizacional nas corporações.

Opinião
Por que devemos projetar chips no Brasil?
Rogério Moreira e Murilo Pessatti*
Opinião
BNDES e o impacto na Inovação
Cláudia Trindade Prates, João Paulo Pieroni e Luciano Machado*

Uber: São mais de 1000 decisões judiciais favoráveis ao negócio no Brasil

Diretora Jurídica da empresa, Mariana Barbosa, diz que temer a regulamentação, mas ela precisa ser 'justa para não inviabilizar o modelo de negócios'.

CADE faz estudo favorável ao Uber e sugere desregulamentação para táxis

O Departamento de Estudos Econômicos -DEE - elaborou uma nota técnica onde defende a economia de compartilhamento como benéfica para consumidores e ofertantes.

TOTVS é a única empresa de TI do Brasil em ranking global de Inovação

Estudo com 1 mil empresas que mais investem em P&D no mundo inclui outras três empresas nacionais: Petrobras, Vale e Embraer. Amazon, Alphabet (Google), Intel e Samsung lideram. Indústrias de tecnologia, automotiva e saúde concentram 61% dos aportes.

Inovação: Governo investe menos, empresas um pouco mais. Recursos caem R$ 2,8 bilhões

Dados são do MCTIC e compara 2015 a 2014. Pedidos de patentes seguem caindo no País.

TCU usa robô para fazer varredura diária de irregularidades

Alice, de ‘análise de licitações e editais’, rastreia documentos e atas do Comprasnet, o portal de compras públicas do governo federal,. Cruzamento de dados avalia valores, exigências e fornecedores para enviar alertas. 



  • Copyright © 2005-2017 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G