INTERNET

Visto para os EUA vai exigir histórico da web, redes sociais e contatos

Luís Osvaldo Grossmann* ... 01/02/2017 ... Convergência Digital

O chefe do Departamento de Segurança da Pátria dos Estados Unidos, general John Kelly, defendeu o uso do histórico de navegação na internet e as relações por meio de redes sociais, além dos contatos nos celulares, como informações a serem utilizadas na avaliação de pedidos de visto para os EUA.  

Questionado sobre a política proposta pelo presidente americano Donald Trump, de ‘extreme vetting’, algo como ‘verificação extrema’, o secretário do DHS respondeu que quem pedir visto terá que provar a identidade, possivelmente entregando informações digitais. 

“Deverá certamente ser um registro de que websites visitam. Pode ser as informações de contato no telefone para que possamos ver com quem estão falando, mas isso tudo ainda está em desenvolvimento”, disse o general, conforme relato do site jornalístico americano Talking Point Memo. 

“Esses são o tipo de coisas que estamos avaliando. Redes Sociais. Temos que ser convencidos que as pessoas que vem para cá, há uma expectativa razoável de que não sabemos quem elas são e porque estão vindo para cá e qual seu histórico”, completou. 

A nova política de concessão de vistos foi apresentada por Trump nesta semana e de imediato suspendeu a entrada nos Estados Unidos de pessoas do Iraque, Síria, Irã, Sudão, Líbia, Somália e Iêmen por pelo menos 120 dias. O novo presidente dos EUA diz que a nova política busca impedir a entrada de “extremistas” no país. Não está claro, porém, se a ‘verificação extrema’ vai se limitar a esses países. 

“Neste momento há um número de países no planeta que não tem o tipo de registros, de trabalho policial, esse tipo de coisa, e os sete países em questão caem nessa categoria. Então estamos desenvolvendo o que a verificação adicional, a verificação extrema, se parece, e certamente trabalharemos com os países sobre isso”, disse o secretário do Departamento de Segurança da Pátria.

* Com informações do TPM


Com domínio 'rio.br', o NIC.br termina a campanha Cidades.br

Os domínios "sampa.br", "curitiba.br", "poa.br" e "floripa.br" estão entre os DPNs mais populares. De acordo com o NIC.br, mais de 40 mil domínios de cidades já foram registrados, o que representa quase 8% da base de domínios sob o '.br', que não são '.com.br'.

"Nem todos os robôs utilizados na Internet são ruins", adverte o TSE

Segunda reunião do Tribunal Superior Eleitoral para tratar das chamadas fake news discutiu, entre outros temas, modelagem API ea criação de um ambiente virtual para receber denúncias e sugestões.

CGI.br: Multissetorialismo se mantém como base para a Governança da Internet

O CGI.br entregou as suas recomendações ao MCTIC para o aperfeiçoamento da estrutura da governança da Internet. Iniciativa reúne consensos entre os setores acadêmico, empresarial e terceiro setor. Há sugestões de mudança na estrutura do próprio Comitê Gestor.

FCC derruba neutralidade de rede e EUA se preparam para guerra judicial

Sem surpresas, a decisão se deu em bases partidárias: a maioria Republicana matou as regras que impediam operadoras de discriminarem tráfego na internet. Mas a decisão vai ser questionada nos tribunais. 

Assespro vai ao STF obrigar juízes a usarem MLAT nos dados fora do Brasil

Com filiados como Facebook, Microsoft e Uber, entidade quer a prevalência do acordo de cooperação judiciária com os EUA para acesso a informações de usuários, mesmo brasileiros, que estejam em datacenters no exterior.  

Revista Abranet 23 . dez 2017 - jan/fev 2018
Veja a Revista Abranet nº 23 Qual é a fórmula do sucesso? Boas práticas aplicadas por corporações bem-sucedidas sugerem um caminho a seguir. Entrevista com Tadao Takahashi. Discussão sobre a lei de proteção de dados avança. E mais.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G