Convergência Digital - Home

Nuvem agiliza a troca de chatbot pelo Watson no atendimento ao 4G na Algar Telecom

Convergência Digital
Ana Paula Lobo - 07/02/2017

A Algar Telecom é a primeira operadora do Brasil a usar o sistema de computação cognitiva da IBM, o Watson, no atendimento ao cliente. A plataforma, batizada de Ana, está voltada, nesta fase, para o atendimento dos clientes do serviço 4G, recém-lançado pela operadora na sua região de atuação. Em pouco mais de 40 dias de funcionamento, o Watson já respondeu mais de 1500 perguntas e com uma média acima de 90% de acerto.

"Esse foi o nosso grande desafio ao implantar o Watson. Decidimos colocar ele no dia a dia de uma operação. Podíamos ter feito protótipo, mas não daria o resultado esperado. Usamos o 4G e temos duas pessoas trabalhando para ensinar a máquina a entender as demandas dos clientes. E o resultado é impressionante", afirma o diretor de Transformação Digital da Algar Telecom, Eduardo Rabboni, em entrevista ao portal Convergência Digital.

A nuvem é o pilar dessa transformação. A Algar Telecom não fala em valores investidos para a aquisição do Watson, junto à IBM, mas  Rabboni sustenta. "Não compramos máquina, não fizemos o setup de um supercomputador. Tudo foi feito no ambiente cloud. Isso reduziu tempo de integração e de valores". A rapidez no desenvolvimento do Ana também foi um fator positivo. "Em menos de 14 dias tínhamos o primeiro beta da aplicação", acrescenta.

Para Rabboni, a troca do chatbot pelo Watson é uma opção, o que não significa que o chatbot está perdendo espaço. 'É preciso personalizar cada vez mais o canal digital e todos os meios são necessários", ressalta o executivo. Indagado se haverá reação dos funcionários do atendimento da Algar Telecom à interação com a máquina, Rabboni sustenta que a figura humana será sempre necessária no trato com o cliente, mas a interação com a máquina é absolutamente necessária. "Nossos associados (como os funcionários são chamados na empresa) não têm receio da tecnologia. A proposta é melhorar o próprio trabalho deles", completa.

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email Addthis


Bradesco, Dataprev e Equinix são destaque em datacenter no Brasil
Organizações foram as vitoriosas da edição 2017 do DCD Awards da América Latina. Conheça os destaques da região no segmento de datacenters.

Destaques
Destaques

Big data: Brasil deve elevar investimento em 25% este ano

Estimativa do Gartner foi apresentada por Bruno Russo, integrante da unidade de negócios da Localweb Corp, durante webinar promovido pela Assespro-SP. “O movimento que as empresas estão fazendo hoje é investir em cada vez menos em infraestrutura e cada vez mais em dados", destacou.

Empresário brasileiro é mais confiante em seus recursos de análises de dados

Segundo a consultoria KPMG, apenas 15% dos empresários brasileiros não confiam nos recursos de análises de dados utilizados, se comparados com os Estados Unidos e o Reino Unido, que apresentam baixa probabilidade de confiar nos recursos (42% e 43%, respectivamente).



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Mão de obra é o "Calcanhar de Aquiles" da Inteligência Artificial

Por Eduardo Prado*

Em artigo exclusivo para o Convergência Digital, o consultor Eduardo Prado, mostra como os gigantes da tecnologia travam uma dura batalha para conseguir fidelizar os especialistas existentes. Ele também adverte: há uma busca desenfreada pela competência em IA.

A IA traz emoção e empatia às "máquinas"

Por Eduardo Prado*

Imagine se as tecnologias – assistentes virtuais (tipo Alexa da Amazon), veículos autônomos, aparelhos de televisão, frigoríficos conectados, telefones celulares – estivessem cientes das suas emoções? E se elas percebessem o seu comportamento não-verbal em tempo real?


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site