Home - Convergência Digital

Shopping do Rio adota beacons para acelerar vendas

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo* - 10/02/2017

O Shopping Leblon, no Rio de Janeiro, fará a partir deste mês, o primeiro piloto do Rio de Janeiro e  segundo do Brasil com o uso dos beacons- dispositivos que emitem informações por meio do Bluetooth diretamente aos smartphones das pessoas - para acelerar as vendas do varejo físico. No total são 40 beacons distribuídos pelo shopping, localizado na zona sul da cidade. O projeto é conduzido pela Fulllab, empresa especializada em soluções de comércio eletrônico, que também fez o primeiro piloto, realizado, no ano passado, no ParqueShopping, em Belém.

"A Rede Aliansce é maior desenvolvedora de shopping centers do Brasil e está apostando na tecnologia para acelerar o varejo físico. Os beacons vão permitir que as lojas possam interagir com os usuários, que elas mandem mensagens personalizadas, vão permitir que os lojistas saibam se a pessoa entrou e não levou. É fato que tudo que se aprendeu no ecommerce nos últimos 10 anos, onde há muita inteligência na oferta das soluções, não aconteceu ainda no varejo físico, que tem as mesmas ações nos últimos 50 anos", pontua, em entrevista ao portal Convergência Digital, o CEO da Fulllab, Marcelo Najnudel.

Segundo o executivo, o uso dos beacons está dentro do universo de Internet das Coisas e será cada vez mais realidade no Brasil. O uso da inteligência no varejo físico expandirá as ações de big data. "No varejo, hoje, há as políticas off e online. Como se fossem ações diferenciadas. Não há interação entre o online e o offline. E o dinheiro da compra é um só. Esses canais precisam convergir", salienta Najnudel.

Focada no varejo, a Fulllab não planeja usar os beacons - que são importados - em outras áreas, pelo menos nesse primeiro momento, mesmo sabendo que há segmentos interessados como aeroportos e concessionárias de rodovia. "A grande questão é definir a estratégia da coleta dos dados para fazer ações reais. Não dá para coletar, sem ter uma política de uso", completa o executivo.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

25/04/2017
Comércio eletrônico espera alta de 12% em 2017

24/04/2017
Usuários definem Internet como insegura e reclamam da falta de privacidade

05/04/2017
Justiça condena Mercado Livre por produto entregue mas não pago

20/03/2017
Teles e sites de comércio eletrônico lideram reclamações no Procon de SP

17/03/2017
Sites de comércio eletrônico não respondem por falha de terceiros

16/02/2017
Compras na Internet: Brasileiro muda e opta pelo pagamento à vista

10/02/2017
Shopping do Rio adota beacons para acelerar vendas

29/11/2016
Black Friday teve alta de 17% nas compras online

28/11/2016
Preços diferentes ou maquiados lideram queixas da Black Friday

25/11/2016
Smartphones assumem lugar nas compras online

Destaques
Destaques

Celulares vão responder por 67% dos gastos mundiais dos usuários finais

Consumidores estão buscando aparelhos de maior valor e qualidade e mercado deve obter uma receita de US$ 400 bilhões em 2017.

Smartphones vão responder por 45% do tráfego total da Internet em 2018

Estudo global revela que Brasil terá crescimento maior do que o projetado pela China. Em contrapartida, os índices de navegação em desktops e tablets registra tendência de queda.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Inteligência Artificial causa furor e não é hype!

Por Eduardo Prado*

O consultor Eduardo Prado explica o que está motivando o 'boom' atual da IA e quais são os 'drivers' de mercado.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site