GOVERNO » Compras Governamentais

Governo federal lança ‘Uber’ para funcionários públicos

Luís Osvaldo Grossmann ... 13/02/2017 ... Convergência Digital

O governo federal começa a usar nesta segunda, 13/2, o TáxiGov, um aplicativo para smartphones que funciona de forma semelhante a apps como Uber, 99Táxis, e pelo qual pretende centralizar os despachos para deslocamento de servidores federais em Brasília. 

Segundo o Planejamento, por ano são gastos R$ 32 milhões com o que chama de ‘serviço de transporte de uso comum’, o que implica na realização de aproximadamente 490 corridas anuais. A aposta é que a centralização dos despachos vai cortar esse valor em mais da metade. 

“A partir da implantação do TáxiGov, o Planejamento ficará responsável pela gestão do serviço que atenderá os ministérios. Com a utilização do táxi, a proposta é reduzir em até 60% as despesas relacionadas ao transporte de servidores – a economia estimada é de R$ 20 milhões ao ano”, promete a pasta, que vai na prática assumir a gestão desse serviço. 

O ministério explica que “por meio da Central de Compras (Secretaria de Gestão), contrata o fornecedor e passa a ser o provedor do serviço aos órgãos da Administração Direta, representando desoneração das unidades dos ministérios com atividades de gestão de contratos e pagamentos” e que com isso fará a “centralização da operação
assinatura de um único contrato”.

Nesse movimento, sustenta ainda a pasta que haverá economia com a “desmobilização de estruturas acessórias”, com a “realocação ou venda de veículos próprios e a liberação de veículos locados, espaços físicos como garagens e depósitos dedicados à guarda e manutenção, que terão novos usos pelos ministérios”. 

O TáxiGov já está disponível em versões para Android, iOS e Windows. Ele começa uma fase de testes nesta segunda, inicialmente sendo utilizado pelos funcionários da própria Secretaria de Gestão do MPOG.” A partir de 20/3 o app passa a valer para os demais servidores do Planejamento e a ideia é que até o início de 2018 todos os órgãos da administração pública federal localizados no Distrito Federal utilizem o serviço.


Governo aumenta obrigações e empresas sustentam mercado de certificação digital

Brasil terminou 2017 com 3,59 milhões de certificados digitais emitidos, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Tecnologia, responsável pela ICP-Brasil. As pessoas físicas ainda seguem resistentes ao modelo.

Consumidor com mais de três linhas telefônicas em casa pode ter de prestar contas à Justiça

Proposta de projeto de Lei foi apresentada pelo Deputado Heuler Cruvinel (PSD/GO), com o intuito de reprimir golpes telefônicos. Se passar, as operadoras de telefonia tereão de notificar as autoridades de segurança em até 48 horas.

Brasil é reprovado nas ações políticas e tributárias de incentivo à Inovação

País ficou em 32º em 38 posições possíveis em ranking mundial, feito pela Consumer Technology Association (CTA). Foi baixa também a pontuação em investimentos em Pesquisa e Desenvolvimento e na própria formação de capital humano.

Carteira de trabalho digital tem mais de 110 mil downloads

Foram 2,6 mil downloads por dia desde o final de novembro quando o aplicativo foi lançado. A maior parte dos downloads foi para o Android.

Confederação de teles e TI quer R$ 1 bilhão para Sistema S das TICs

“Nossa prioridade para 2018 é garantir os recursos para esse sistema fazer frente às necessidades de formação e capacitação para a transformação digital”, diz o presidente do Sinditelebrasil, Eduardo Levy. 



  • Copyright © 2005-2018 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G